“Game of Thrones”: Isaac Hempstead-Wright, intérprete de Bran Stark, revela achar que desfecho da série era pegadinha: ‘Conclusão apropriada’

[ALERTA DE SPOILERS!] Não foi só você que ficou incrédulo com o final de “Game of Thrones”, que elegeu Bran Stark como rei dos Seis Reinos — o sétimo, o Norte, conquistou sua independência, liderado por Sansa Stark. Isaac Hempstead-Wright, intérprete do jovem que terá que dividir suas funções como Corvo de Três Olhos e rei, ficou bastante chocado quando descobriu o destino de seu personagem… e está consciente de que os fãs podem não amar a escolha dos responsáveis pela série.

Em entrevista à Entertainment Weekly, feita antes do último episódio ser exibido, Isaac afirmou que “nem todos ficarão felizes”.  E ainda acrescentou: “É muito difícil terminar uma série tão popular como essa sem irritar algumas pessoas. Eu acho que ninguém pensará que é um final previsível, e isso é o máximo pelo que eu posso esperar. As pessoas vão ficar furiosas. Haverá muitos corações partidos. É ‘agridoce’, exatamente como George R.R. Martin pretendia. É uma conclusão apropriada para esta saga épica”.

Além disso, o ator adorou descobrir que acabaria na posição mais privilegiada de Westeros, principalmente porque ninguém imaginava que Bran seria o escolhido. No entanto, Isaac demorou para acreditar que isso realmente estava acontecendo. “Quando eu cheguei para filmar a cena do último episódio, e [os personagens] estavam tipo: ‘Quem sabe o Bran?’, eu tive que levantar e andar pelo set. Eu genuinamente pensei que era uma brincadeira no roteiro, e que [os showrunners David Benioff e Dan Weiss] haviam mandado para todos uma versão em que seus respectivos personagens sentavam no trono. ‘É, essa foi boa, gente. Ah, m***a, é verdade?'”, relembrou.

Bran Stark na temporada final de “Game of Thrones”. (Foto: Marc Hom/EW)

Passado o susto inicial, Isaac ficou feliz com o destino de Bran… “Apesar de que eu meio que queria morrer, e ter uma cena de morte bem legal, com minha cabeça explodindo ou algo assim”, admitiu. No entanto, ele acha que seu personagem será um bom rei para o povo de Westeros, principalmente porque ele sabe a história inteira do reino — além de conhecer um pouco do futuro também. Bran é justo e capaz de tomar decisões sem ter qualquer tipo de emoção envolvida.

“Eu acho que ele será um bom rei, na verdade. Talvez, faltará algo em relação a ter um líder realmente emotivo, o que é uma qualidade útil em um rei ou rainha. Ao mesmo tempo, você não pode realmente argumentar com Bran. Ele fica tipo: ‘Não, eu sei de tudo'”, Isaac observou.

(Foto: Reprodução/HBO)

De acordo com o astro, a cena que ele mais gostou de filmar na série inteira foi a morte do Rei da Noite, na oitava e última temporada: “Ver o final de um dos personagens mais importantes e poderosos. Houve um momento entre Bran e o Rei da Noite, em que Bran quase sente pena dele. Ele não pediu para ser o Rei da Noite. Nós o vimos ser amarrado em uma árvore e ter aquele vidro de dragão cravado em seu coração, e desde então ele esteve em uma missão infernal de destruição. Essa foi, provavelmente, a minha cena favorita de filmar”. 

Mesmo com grande parte dos fãs odiando o final, é um alívio para Isaac finalmente poder conversar a respeito. Por muito tempo, o astro teve que evitar spoilers…. principalmente sobre a grande vitória de seu personagem! “Eu só queria gritar: ‘Rei, filhos da p**a! No entanto, esse não era um plano muito sábio, obviamente”, concluiu.