“Game of Thrones”: Lena Headey revela ter mudado de ideia sobre cena de Cersei no penúltimo episódio: “Queria grande desfecho”

[ALERTA DE SPOILERS!] Cersei Lannister, a rainha tirana que nós amávamos odiar, conheceu seu triste fim no penúltimo episódio de “Game of Thrones”, quando foi soterrada ao lado do irmão gêmeo — e o amor de sua vida —  Jaime (Nicolaj Coster-Waldau). Apesar de, ao longo da série, Cersei ter conseguido derrotar seus inimigos um por um, o ódio de Daenerys, aliado a seu exército de Dothrakis e Imaculados e um dragão adulto, foram demais para a personagem interpretada por Lena Headey enfrentar.

Em entrevista à Entertainment Weekly, a atriz falou sobre os últimos momentos da irmã mais velha dos três Lannister. Aclamada por sua interpretação, que consegue entregar um misto perfeito de orgulho, vingança, astúcia, desprezo e rancor, Lena viveu a maior vilã da série, que estava longe de ser unidimensional — Cersei foi uma das personagens mais bem desenvolvidas ao longo de mais de uma década da produção.

“Cersei começa a temporada final presa em uma teia que ela mesma teceu, como de costume. Ela está desesperadamente infeliz, e tudo o que aconteceu se torna mais real do que nunca para ela. Ela começa a perder o controle da situação. Ela destruiu cada aliança, conexão e amor que tinha na vida — ela sempre foi destinada a ficar sozinha. E, até o último minuto, ela está, como sempre, em negação do que está de fato acontecendo”, explicou a atriz. Em uma das cenas do episódio, mesmo vendo Porto Real e seu exército ser destruído por Daenerys, a rainha ainda acredita que conseguirá virar o jogo. É só quando o teto começa a ruir, literalmente, que Cersei percebe que está com os minutos contados.

Sobre a cena final ao lado de Jaime, nos subterrâneos do castelo, Lena disse que, no início, teve sentimentos conflitantes a respeito. “Eu queria que ela tivesse um grande desfecho, ou que lutasse com alguém”, revela. No entanto, após conversar sobre o momento com o colega de elenco, Nicolaj, ela passou a apreciar o minuto final de Cersei: “Quanto mais conversávamos sobre o assunto, mais me parecia o final perfeito para ela. Eles vieram ao mundo juntos, e saíram dele juntos”. 

(Foto: Reprodução/HBO)

Lena também chamou atenção para o fato de que Jaime teve chance de se libertar do relacionamento com a irmã e viver ao lado de Brienne, mas preferiu voltar para ficar ao lado de Cersei, o que foi surprendente para o público: “Cersei percebe o quanto ama ele, e o quanto ele ama ela. É a conexão mais autêntica que ela já teve. No final, eles pertencem um ao outro”. 

No momento final dos dois, encarando Jaime e esperando pelo fim, Lena garante que “talvez, foi a primeira vez que Cersei esteve em paz”. As filmagens da cena também foram muito emocionantes para os astros, e a atriz disse que ficou surpresa com Nicolaj: “Eu disse para ele: ‘Nunca vi você tão doce e sentimental’. E ele respondeu: ‘O que está acontecendo comigo?’. Nós ficamos nos abraçando e declarando o nosso amor. Foi estranho. Há um sentimento de perda, de que nada como isso acontecerá novamente. Houve um senso de luto e de gratidão enorme [pela série]“.

De acordo com a estrela, suas lembranças sobre o último dia no set de filmagem são dela subindo e descendo escadas “20 mil vezes” e de “muito choro”. Além disso, os showrunners da série, David Benioff e D.B. Weiss mandaram mensagens “adoráveis” para ela e Nicolaj. Sobre os momentos dos quais mais se recordará da série, Lena escolheu alguns: “Eu tive muitos momentos ótimos — aquele com Mark Addy [ Robert Baratheon] na primeira temporada. Aquelas primeiras cenas com Tyrion, nas quais nós vimos o relacionamento deles se desenvolver. As cenas com a Sophie nas primeiras temporadas. Tudo que moldou esses personagens. A cena em que ela conta ao pai que ela e Jaime são amantes. Nós tivemos muita coisa boa. Eu amo os momentos emocionantes e sombrios”.