‘Game of Thrones’: Teorias prometem que não vimos o fim do Rei da Noite na série; vem entender!

[ALERTA DE SPOILERS!] A Batalha de Winterfell quase destruiu nossos nervos no último domingo (28) — e, de quebra, levou o exército dos Dothraki inteiro, além de alguns personagens que tinham lugar especial no nosso coração, como Jorah e Theon Greyjoy… mas um que não sentiremos falta é o temido Rei da Noite. Graças à Arya Stark, o grande vilão da série se despediu da produção em grande estilo, se espatifando em milhares de pedaços de gelo ao ser esfaqueado com uma adaga no coração. No entanto, de acordo com duas teorias nascidas no Reddit, esta não teria sido a última vez que vimos o Rei da Noite!

No fórum, o usuário ‘itsmyst’ disse que a morte do Rei da Noite foi bastante “anticlimática” para os fãs — apesar da maioria ter adorado que Arya foi a responsável por acabar com o líder do Exército dos Mortos. No entanto, alguns espectadores acharam o final do Rei da Noite muito “abrupto”. Por isso, itsmyst imagina que o vilão não está completamente morto: profecias da série não foram cumpridas com a morte dele, e o exército nortenho que sobrou não é suficiente para derrotar Cersei Lannister. Assim, o usuário acha que Bran Stark tem tudo para se tornar o próximo Rei da Noite.

“Talvez o Bran reviva o Exército dos Mortos. Boom, exército instantâneo para lutar contra a Cersei”, escreveu. Deste modo, os líderes do Norte, Daenerys, Sansa e Jon, teriam uma vantagem imensa sobre a rainha oficial dos Sete Reinos, já que ela não faria ideia do que está prestes a enfrentar. Além disso, a Companhia Dourada, que está a serviço dela, não tem as armas necessárias para matar Caminhantes Brancos — a não ser que possuam espadas de aço Valiriano.

(Foto: Reprodução/HBO)

Outro usuário, chamado ‘highly_animates’, publicou uma teoria similar: “Alguém (acredito que Bran ou Jon) irá se sacrificar na Ilha das Faces, com uma adaga de vidro de dragão no coração, para se tornar o próximo Rei da Noite. Levando em conta que é um autosacrifício, a pessoa irá manter sua humanidade (como Benjen) tempo suficiente para derrotar Cersei. Então, nós teríamos algumas cenas dos nossos heróis viajando além do norte e da Muralha, para trancar o novo Rei da Noite por mil anos de hibernação, até que todo o processo se repita”.

Se Jon se sacrificasse para se tornar o Rei da Noite — e não virasse mau no processo — ele seria capaz de comandar os mortos do jeito que desejasse e poderia derrotar Cersei. No entanto, ele abriria mão do Trono de Ferro… mas Jon nunca fez muita questão de ser o líder de Westeros, né? Se a teoria se cumprirá ou não, temos que esperar para ver. Porém, seria completamente inesperado! E em “Game of Thrones”, qualquer coisa pode acontecer, né?