Ellen x Denzel (Reprodução; ABC/Getty)

Grey’s Anatomy: Ellen Pompeo revela briga com Denzel Washington nos bastidores da série: “Fiquei tipo, ‘Escuta, filho da p*ta'”

Mais tretas nos bastidores de “Grey’s Anatomy“? Temos! Ellen Pompeo está investindo em novos campos e agora apresenta o podcast “Tell Me with Ellen Pompeo”. Nesta semana, a intérprete de Meredith Grey recebeu o ex-colega de elenco Patrick Dempsey para um bate papo sobre o tempo em que atuaram juntos. Em uma das revelações mais chocantes, Pompeo admitiu que já pensou em abandonar a atração e lembrou o dia em que brigou com o diretor Denzel Washington.

Washington, que já foi duas vezes vencedor do Oscar, foi contratado pela produtora Debbie Allen para dirigir um episódio específico. Segundo a atriz, Allen estava procurando maneiras de manter a estrela da série “interessada” no programa, depois que a maior parte do elenco original tinha saído. “Depois que você saiu, eu pensei, ‘por que eu tenho que ficar aqui? Todo mundo se foi. Eu tenho que ir agora. Sandra se foi, Patrick se foi, eu tenho que ir também'”, contou Ellen.

Mas trabalhar com Denzel Washington era algo que ela não podia perder, já que nunca imaginou a possibilidade dele dirigir um episódio do drama médico. “Ele chegou umas três semanas antes para que pudesse se atualizar, porque Denzel não assiste muito à TV, ele provavelmente nunca viu o programa. Ele só aceitou fazer o show porque sua esposa é uma grande fã. Eu acho que ele viu como um bom exercício entrar e dirigir algo rápido”, continuou. “Ouvi falar sobre isso e fiquei com muito ciúme. Eu pensei, ‘Oh, seria ótimo trabalhar com ele'”, admitiu Dempsey.

No entanto, não foi uma tarefa fácil para a protagonista. “Super estrelas são super estrelas por uma razão. Há apenas uma energia e uma vibração que eles emitem que os torna super carismáticos. E Denzel tem de sobra. Mas, Denzel é uma estrela de cinema, certo? Ele não sabe nada sobre dirigir TV”, disse.

Ellen Pompeo como Meredith Grey em “Grey’s Anatomy”. (Foto: Reprodução/ ABC)

O episódio em questão foi na 12ª temporada, intitulado “The Sound of Silence”, no qual a personagem de Pompeo, Meredith Grey, é atacada por um paciente epilético, que até quebra o maxilar da médica. Ellen teve que atuar com muito pouco diálogo, devido à mandíbula de sua personagem estar “trincada”. E ela também teve que enfrentar a “ira” do diretor quando tentou se aventurar fora do roteiro.

“Eu realmente não queria falar com esse ator [Dohn Norwood] ou ver esse ator antes de fazermos essa cena, então não tive muita interação com ele. E então, ele se desculpou comigo [na cena], mas ele estava fazendo bem baixinho. Ele escolheu falar bem baixinho. E eu estava chateada por ter que sentar lá e ouvir este pedido de desculpas. E ele não estava olhando nos meus olhos e eu gritei com ele. Eu estava tipo, ‘Olhe para mim! Quando você se desculpar, olhe para mim!’ E isso não estava no diálogo”, lembrou.

Continua depois da Publicidade

A escolha criativa não agradou a Denzel Washington. “Denzel enlouqueceu. Ele estava tipo, ‘Eu sou o diretor! Não diga a ele o que fazer!'”, contou. Mas ela não ficou calada e respondeu de volta: “Eu fiquei tipo, ‘Escuta, filho da p*ta, este é o meu show. Este é o meu set. Com quem você está falando?'”.

No podcast, Ellen fez questão de deixar claro que, apesar do incidente, tem muito respeito por Denzel e que, depois disso, a relação entre eles ficou tranquila. “Tenho o maior respeito por ele como ator, como diretor, como tudo, mas fomos lá! E então sua esposa veio me visitar, e eu não estava falando com ele. Eu estava com raiva dele. Eu estava tipo, ‘Sim, ele gritou comigo hoje, eu não estou bem com ele, não estou olhando para ele e não estou falando com ele’. Mas ficamos bem depois disso. Ele é apenas um dos melhores que já fez isso”, finalizou. Ufa! Quem diria, né?!

Ouça o episódio completo: