Fotojet (46)

Leighton Meester revela se participaria de reboot de “Gossip Girl”, e conta o que achou da nova série; assista!

Intérprete de Blair Waldorf na versão original do programa, a artista avaliou se faz sentido trazer sua personagem nos novos episódios da franquia

Hello Upper East Siders! Parece que a eterna rainha do Constance Billard pode sim retornar às escadarias mais famosas de Nova Iorque… Desde que o reboot de “Gossip Girl” estreou na HBO Max, os fãs vivem na expectativa por conexões da nova história com a versão original da série ou até mesmo com a participação especial de algum ator do primeiro elenco. E se depender de Leighton Meester, a possibilidade de Blair Waldorf voltar às telinhas não é impossível.

Durante sua participação no “Fox 5” nesta terça-feira (8), a atriz foi questionada por Rosanna Scotto se ela toparia reprisar seu papel no programa, assim como fizeram Margaret Colin e Zuzanna Szadkowski, que interpretaram respectivamente Eleanor Waldorf e Dorota em “Gossip Girl”. “Isso foi perguntado algumas vezes hoje e eu tenho dito, ‘Eu não sei, talvez’. Sabe, não tenho muita certeza”, disse a artista em tom bem-humorado.

Meester, inclusive, entregou que teve a oportunidade de assistir aos novos episódios da franquia e elogiou o rumo que a história tomou. “Eu assisti ao novo, eu acho que é realmente incrível. Estou feliz por eles, sinto que estão fazendo uma coisa totalmente nova, e não acho que [os personagens antigos] não se encaixariam [no reboot], mas – só posso falar por mim – não sinto que eu não me encaixaria”, refletiu.

Continua depois da Publicidade

Apesar da visão positiva sobre esse comeback especial, Leighton minimizou dizendo que agora é a vez do novo elenco brilhar. “Vou dizer que me sinto muito bem em sentar e deixar para as crianças, para a geração jovem, eles estão indo muito bem. Então, isso é tudo que vou dizer por enquanto, você sabe… Você nunca diz ‘nunca'”, finalizou a atriz, deixando o futuro no ar. Será que vem aí?! A tiara já está pronta aqui pra nossa Queen B! Kkkk

Assista ao momento da entrevista — em inglês — a partir de 3’06: