Produtor de “Friends” explica verdadeiro significado de frase icônica que Rachel diz para Ross; vem entender!

Todo fã de “Friends” uma vez ou outra discutiu se Rachel e Ross estavam dando um tempo ou não, né?! Apesar disso, outro diálogo da personagem de Jennifer Aniston já foi motivo de muitos questionamentos. Se você já ficou tentando entender o que raios Rachel quis dizer com “não é tão comum, não acontece com todos os homens e é importante, sim”, saiba que não está sozinho. Mas para a felicidade geral, agora já temos a nossa resposta!

A icônica frase aconteceu no episódio “The One With the Jellyfish”, que é o primeiro da quarta temporada, e foi direcionada a Ross Geller. Na ocasião, o casal havia decidido dar mais uma chance para o relacionamento, mas a tentativa foi por água abaixo depois de mais uma briga.

Então, o paleontólogo resolve ir embora e entre muitas caras feias e discussões, ele acaba por ouvir essas palavras de sua ex-namorada. Quem reage a esse momento é Chandler, que grita: “EU SABIA!”, logo depois de Rachel bater a porta do apartamento.

Confira a cena a seguir:

Mas gente, sabia o quê? E por que a Rachel disse aquilo? São tantas questões, que em uma rápida busca pelo Google, é possível perceber que alguns fóruns de fãs pela internet têm as mesmas perguntas. A maioria das teorias aponta para um problema erétil de Ross. O que chega a fazer sentido no contexto da frase, mas não é a resposta correta!

Continua depois da Publicidade

Em entrevista ao Entertainment Weekly, um dos produtores executivos da série, Greg Malins, explicou exatamente quais foram as intenções por trás da piada: “Eles [Rachel e Ross] estavam insultando um ao outro, e eu tive essa ideia na cabeça, em que [Rachel] diz: ‘Bem, uma vez, quando você ejaculou prematuramente, eu disse que estava tudo bem e não era verdade'”. Então, a frase de Rachel para Ross foi uma referência a uma cena da segunda temporada, onde eles tem o primeiro encontro como casal!

Relembre como foi esse date:

Malins ainda contou que a ideia surgiu em conjunto. “Foi a única vez que escrevi minha [piada] antes de lançar [na sala dos roteiristas]. Lembro-me de ter pensado: ‘Se eu não apresentar isso exatamente da maneira certa, não vai entrar'”. Assim que ele contou sua piada inicial, outros escritores entraram em cena e o produtor Adam Chase acrescentou a parte do “é importante, sim”.

“Todos nós sabíamos exatamente o que ele queria dizer e adoramos que isso trouxesse de volta um momento icônico sem nunca ser explícito”, declarou Chase. Embora não esteja surpreso que algumas pessoas não entendam a referência até hoje, ele garantiu que o público do estúdio “explodiu em uma gargalhada de reconhecimento na noite em que filmaram a cena”.