Round 6 Boneca Danca Meme

Round 6: Boneca de “Batatinha 1, 2, 3” teve inspiração curiosa em livros didáticos e em filha do criador da série; confira!

É ela! “Round 6” se tornou um grande fenômeno mundial e está prestes a alcançar o título de série internacional mais assistida da Netflix, feito que pertencia a “La Casa de Papel“. Além das atuações e a história intrigante, o público adorou a boneca responsável por comandar uma das cenas mais icônicas da produção. O que muitos não sabem é que ela foi construída em tamanho real, tem ligação com uma crença bem importante para os coreanos, e foi desenvolvida a partir de um desenho em livros de educação.

Logo no primeiro episódio, a boneca controla um dos jogos em que os participantes são mortos, caso não obedeçam as regras da disputa. Na tarefa, eles só podem correr até a linha de chegada enquanto ela cantarola um pequeno verso. No Brasil, a dinâmica foi traduzida para “Batatinha Frita 1, 2, 3”, mas na versão original, o que a boneca realmente diz é: “A rosa-de-Saron floresceu”. Também conhecida como hibisco-da-síria ou mugunghwa, a flor é considerada um símbolo nacional na Coreia do Sul.

Além de ser citada no hino do país, a rosa-de-saron representa a libertação da Coreia do domínio japonês, já que na teoria de sua origem celestial, ela é conhecida por ser muito forte e resistente a cortes. Com isso, foi associada a prosperidade e desenvolvimento. Para promover a série, a Netflix fez com que a boneca “concedesse uma entrevista” para o site da Vulture, divulgada na última quinta-feira (30), revelando mais detalhes sobre si mesma. “Fui batizada com o nome de uma flor, Mugunghwa, também conhecida como rosa-de-saron. Mas pode me chamar de Chantal”, revelou.

Continua depois da Publicidade

Visualmente, a diretora de arte da série, Chae Kyung-Sun, recorreu aos livros didáticos infantis das décadas de 1970 e 1980 para desenvolver a boneca, mais especialmente à personagem Young-hee. Outro detalhe peculiar é a franja, inspirada na filha do criador da série, Hwang Dong-Hyuk. “Então, eu sou só um retrato clássico de uma garotinha coreana comum”, explicou “Chantal”.

No bate-papo surreal, ela ainda contou sobre os bastidores e o “perrengue” que foi lidar com toda a areia levantada pelo elenco na gravação do jogo. “Toda a experiência da série foi surreal. Mas foi fácil memorizar as falas. Quer dizer, a fala. Tive que usar um litro de colírio”, entregou. Pensou que era só glamour?! Kkkkk

Livro Didatico Coreano Das Decadas De 1970 E 1980 Inspirou Boneca Da Serie Round 6 1633369251297 V2
A franja de Chantal teria sido inspirada na filha do criador da série, Hwang Dong-hyuk. Foto: Reprodução

Para quem já viu a série ou conferiu os vários memes por aí, com certeza ficou imaginando quão sinistro seria dar de cara com aquela boneca gigante. Bom, e isso foi possível alguns dias atrás… Para a gravação, a Netflix construiu a boneca em tamanho real. Alguns sortudos (?) viram ela exposta no museu Macha Land, localizado na área rural da Coreia do Sul, a cerca de três horas de distância de Seul.

Continua depois da Publicidade

Acontece que tudo não passou de uma falha de comunicação — a boneca não deveria ficar exposta para o público. Tanto que, nas fotos circulando na web, Chantal está na entrada do local, mas sem uma das mãos. Na semana passada, o Macha Land corrigiu o equívoco e revelou que a boneca será guardada em um de seus depósitos.

Boneca Animatronica Da Serie Round 6 1633369626611 V2 600x600.jpg
Boneca foi colocada à mostra em museu por engano. Foto: Reprodução

Para promover “Round 6”, a Netflix chegou a construir uma réplica em tamanho menor para expor em um shopping nas Filipinas. A “irmã gêmea” de Chantal inclusive repetia os movimentos originais e repetia o verso que foi dito no episódio enquanto os pedestres aguardavam para atravessar a rua. Como a gente preza pela nossa vida, na dúvida, vamos só ficar com os memes divertidíssimos em que ela aparece dançando muito! Kkkk Espia só: