Fotos: Reprodução/Netflix

Round 6: Pistas surpreendentes sobre a história e os jogos foram “escondidas” nos episódios; confira quais!

Os Sherlock Holmes de plantão atacaram novamente! Kkkk Febre do momento, a série sul-coreana “Round 6” deixou o público em polvorosa com a história dramática e horripilante, além da atuação impecável do elenco. Com tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo, as pessoas podem ter perdido algumas pistas que foram deixadas pela produção ao longo dos episódios, a exemplo do spoiler com a sequência dos jogos mortais que estavam, literalmente, em frente aos competidores.

[Alerta spoilers! O post a seguir pode conter spoilers a respeito da primeira temporada de “Round 6”. Caso não tenha assistido ainda, sugerimos que encerre a leitura por aqui.]

No programa, um grupo de pessoas passando por necessidades das mais diversas topa entrar em uma disputa pelo prêmio final em dinheiro. Acontece que os participantes não sabiam qual jogo teriam que enfrentar até o momento da competição. E na pior das hipóteses, se perdessem, também morreriam. Acontece que, caso tivessem notado as coisas ao redor do bunker em que ficaram confinados, muitos deles poderiam ter previsto o que viria pela frente, e provavelmente criariam uma estratégia para se salvarem.

Continua depois da Publicidade

À medida que as pessoas foram morrendo, as centenas de camas no cômodo foram desmontadas e foi possível visualizar que haviam pinturas nas paredes. Cada uma delas representavam os jogos que eles enfrentaram na competição, e o pior, exatamente na sequência que foram realizados. A gente até dá uma “colher de chá” porque no início, com todas aquelas camas, era mais difícil enxergar isso. Mas após a “carnificina” que foi acontecendo, uma pessoa observadora tinha matado a charada, hein?! Espia só:

Whatsapp Image 2021 10 11 At 19.03.50
Pinturas infantis nas paredes adiantavam jogos mortais que os participantes enfrentariam. Foto: Reprodução/Netflix

Um vídeo, publicado pelo canal do YouTube norte-americano Screen Rant, também cita outros “easter eggs” não tão explícitos, mas que fazem conexões bem interessantes. As circunstâncias das mortes de Sae-Byeok (Jung Ho-yeon), Sang-Woo (Park Hae Soo), Deok-Su (Heo Sung-Tae) e Abdul Ali (Anupam Tripathi) foram adiantadas em algumas das cenas dos dois primeiros episódios.

Sae-Byeok ameaça uma de suas vítimas com uma faca no pescoço — e é morta esfaqueada desta forma. Quando pensa em se suicidar, Sang-Woo está de terno dentro da banheira. Ele se mata no último jogo, enquanto chovia incessantemente. Deok-Su foge de gangsters pulando de uma ponte. Na competição, ele morre caindo da ponte de vidro. Por fim, Ali rouba dinheiro de seu antigo chefe e foge. Em um dos jogos, Sang-Woo faz uma trapaça para vencer, consequentemente fazendo com que o amigo fosse assassinado.

Fotojet (1)
Sae Bye-Yong morreu de forma trágica da mesma forma que ameaçou uma de suas vítimas. Foto: Reprodução/Netflix
Fotojet (2)
A aguardada morte de Deok-Su lembrou fuga de gangsters. Foto: Reprodução/Netflix
Fotojet (3)
Ali foi enganado pelo amigo em uma trapaça durante jogo de bolinhas de gude. Foto: Reprodução/Netflix
Fotojet (4)
De um jeito ou de outro, Sang-Woo acabou tirando a própria vida. Foto: Reprodução/Netflix

Continua depois da Publicidade

No aniversário da filha, Gi-Hun (Lee Jung-jae) consegue um presente para a jovem dentro de uma máquina de fliperama. A caixa preta com laço é parecida com os caixões em que os participantes dos jogos mortais são colocados. Outro detalhe percebido por alguns foi as formas destacadas nas máscaras dos ajudantes dos jogos, um triângulo, um quadrado e um círculo. Essas figuras aparecem no controle remoto do videogame Playstation, e cada um desses botões tem funções diferentes, assim como os “funcionários” das disputas. Tudo a ver com a temática, né?!

Fotojet (5)
Apesar do aspecto “fofo”, caixas de presente viraram caixões das vítimas dos jogos. Foto: Reprodução/Netflix
Fotojet (6)
Fãs compararam figuras de ajudantes dos jogos com controle remoto de videogame. Foto: Reprodução/Netflix

Assista ao vídeo completo — com legendas em inglês: