Fotojet (1)

Stranger Things: Metallica fala pela primeira vez sobre uso de “Master of Puppets” em cena icônica da série

A banda de heavy metal adorou a inclusão da música “Master of Puppets” no final da quarta temporada

[Alerta de Spoilers!] Aprovado pelos deuses do rock! Desde a primeira aparição em “Stranger Things“, o personagem Eddie Munson (Joseph Quinn) conquistou os fãs com seu jeito doce e, ao mesmo tempo, debochado. Não é à toa que milhares de admiradores do metaleiro derramaram lágrimas com sua morte prematura no último episódio lançado pela Netflix.

Mas parece que Eddie conseguiu zerar a lista de tietes. Isso porque, nesta terça-feira (7), a banda Metallica publicou um agradecimento aos criadores da série, no qual se diz honrada por ver sua música tão bem representada. “É uma honra incrível ser uma parte tão grande da jornada de Eddie e mais uma vez fazer companhia a todos os outros artistas incríveis apresentados na atração”, escreveu o grupo no Instagram.

Continua depois da Publicidade

Assim que o último trailer do quarto ano da série foi liberado, mostrando Eddie tocar sua guitarra, os fãs começaram a especular qual seria a música escolhida. Na cena climática do Mundo Invertido, Dustin (Gaten Matarazzo) e o roqueiro são usados ​​como isca para distrair a legião de demo-bats de Vecna ​​(Jamie Campbell Bower) para que Nancy (Natalia Dyer), Steve (Joe Keery), e Robin (Maya Hawke) possam se infiltrar no covil do vilão. No fim, Eddie se sacrifica para dar mais tempo para que o plano dos amigos funcione.

Continua depois da Publicidade

A banda comentou que algumas pessoas mais aficcionadas conseguiram adivinhar a música apenas vendo alguns segundos das mãos de Joseph Quinn no trailer. O ator, que toca guitarra desde a infância, disse recentemente à Entertainment Weekly que ele não gravou a música em estúdio, mas tocou junto durante as filmagens. “Tínhamos uma faixa de apoio e eu tocava com ela. Eu não gostaria de mexer com o que eles já têm, mas foi muito útil poder interpretar o personagem. É uma fantasia muito adolescente ser uma estrela do rock, não é?”, explicou Quinn.

75ad1ba0 F9a2 11ec 9927 398d9be33e57 1200 630
Momento inesquecível foi o sacrifício final do personagem mais querido da temporada (Foto: Reprodução/Netflix)

Quinn disse que o dia de gravação parecia uma festa, apesar do destino iminente de seu personagem. “Foi a primeira vez que todos sentiram que estavam vendo música ao vivo – digo ‘música ao vivo’ – desde a pandemia. Então, parecia uma verdadeira celebração”, completou.

Não é de hoje que a relação de “Stranger Things” com o mundo musical ultrapassa as telas da plataforma de streaming. Desde a primeira temporada, a série tem trazido de volta às paradas de sucesso canções antigas. É o caso de “Should I Stay or Should I Go”, do The Clash e, mais recentemente, “Running Up That Hill”, de Kate Bush, que tocou durante uma performance de destaque de Max (Sadie Sink).

Continua depois da Publicidade

No Twitter, os fãs — da série e da banda — comemoraram a escolha do clássico dos anos 1980 e ainda ressaltaram o fato de que a morte do personagem pode não ter sido a melhor escolha dos irmãos Duffer, os criadores do seriado.