This Is Us: Milo Ventimiglia revela bastidores de “colapso emocional” de Jack em novo episódio: “Pesado e esmagador”

O ator se abriu sobre o drama familiar que o protagonista viveu no episódio mais recente da série

[Alerta de spoilers!] Aguenta coração… A sexta e última temporada de “This is Us” está a todo vapor, e à medida que os episódios vão avançando, a produção vai preparando os fãs para o fim, com a morte de Rebecca (Mandy Moore). No 4° episódio, que foi ao ar essa semana, a atração faz um paralelo voltando no tempo quando a mãe de Jack (Milo Ventimiglia) morre. Em uma entrevista ao site TV Line, divulgada nesta terça-feira (25), o ator revelou que ficou emocionado com o colapso do personagem nas cenas e contou sobre um pedido que fez à Mandy antes de gravar.

No episódio, Jack tem que planejar o enterro da mãe, Marilyn (Laura Niemi), e enfrentar o peso do arrependimento por ter deixado ela com o marido abusivo. Milo contou que teve uma noção do que iria acontecer neste capítulo lá no final da 3ª temporada, quando Dan Fogelman, o criador da série, disse que seria um episódio bem grande para ele. Apesar disso, ele não sabia de nada até que o roteiro chegasse para todos, e contou que foi “de partir o coração”. “Para mim, a experiência de perder um familiar, não sei. Eu realmente não estou ansioso por isso“, ressaltou.

Jack Pearson em “This is Us”. (Foto: Reprodução)

Apesar do personagem ser fechado para essas emoções, o ator por outro lado é bem sensível. “Todo o episódio, onde Jack não está apenas vivendo na memória e lembrando coisas de sua juventude com sua mãe, mas também tendo que enfrentar a logística antes de chegar ao ponto de realização [do funeral], é tudo muito pesado e esmagador. Mesmo que Jack tenha sido essa rocha para garantir que ninguém mais sofra ou lide com qualquer desconforto, ele não é imune a isso. Ele vai experimentar as coisas da mesma forma que qualquer outra pessoa. Seja voltando [para casa] de uma maneira muito infantil e dizendo à esposa: ‘Eu não tenho mais mãe’, é muito doloroso“, disse Milo.

O ator contou também como foi gravar as cenas e toda emoção por trás. “Lembro-me apenas de olhar para as crianças – e é tudo roteirizado, você sabe. Jack está alimentando seus filhos com esta refeição que sua mãe cozinhou para ele quando era um garotinho também, e eu me lembro de olhar para Kaz [Womack, que interpreta o jovem Kevin]. Ele olhou para cima e sorriu para mim enquanto comia, e isso me esmagou – como deveria“, acrescentou.

Continua depois da Publicidade

Mandy Moore foi uma grande parceira para ele e o ajudou nos bastidores. “Eu me lembro quando passamos para a próxima sequência onde Jack realmente tem que se desculpar e está na outra sala. Lembro de Mandy dizendo: ‘Milo, o que posso fazer por você, o que você precisa?’ E eu fiquei tipo: ‘Apenas me deixe saber que você está aí, sabe?’ Mas eu acho que o homem que Jack é, um produto dos anos 40 do homem que foi para a guerra no início dos anos 70, ele nunca vai mostrar suas emoções. Então, sabendo que seus filhos estão no outro quarto e sua esposa está lá, ele ainda ficaria de costas para eles, porque ele nunca iria querer que eles vissem”, avaliou.

Jack e Rebecca Pearson em “This is Us”. (Foto: Reprodução)

Milo também relembrou de uma das cenas da terceira temporada, quando Rebecca canta uma música para ele no carro e Jack se vira para que ela não o veja chorando. Ele falou que a emoção tomou conta e estava prestes a desabar, até que finalmente teve o desfecho. As câmeras começaram [a gravar] e nós entramos, e eu acho que eu estava no limite para começar [a chorar] por causa do que nós já tínhamos filmado para o episódio e me preparando para isso. E Mandy entrou e colocou a mão no meu ombro e eu me virei, e essa foi a cena”, relembrou.

Continua depois da Publicidade

Questionado sobre como ele consegue não misturar suas emoções com as do personagem, ele respondeu: “Eu tive sorte porque Jack não se emociona. Ele simplesmente não é um personagem emocional, mas isso não significa que como ator eu não possa chegar nesse ponto. Faz parte do trabalho, faz parte do currículo, você tem que ser capaz de fazer essas coisas na seção de habilidades especiais. Então, para mim, acho que foi apenas ter certeza de que era honesto e real. E eu absolutamente estava suando de estresse por ter que viver essa percepção e acreditar do jeito que Jack acredita na frente da câmera.

Para finalizar, ele ainda brincou dizendo que depois da gravação do episódio, ele fez questão de curtir o momento com seus pais assim que os encontrou. “Quando fui ver meus pais, apenas fiquei sentado lá. Lembro-me que estava apenas observando minha mãe. Eu estava apenas observando ela comer. Ela meio que olhou para mim e disse: ‘E aí, amigo?’. ‘Oh, nada.’ Só curti ver minha mãe comer, sabe?“, concluiu aos risos.

Assista ao trailer da sexta temporada: