TV / Séries

Treta trevosa! Templo satânico processa Netflix e Warner Bros. em 50 milhões de dólares por série “O Mundo Sombrio de Sabrina”

Marina Amaro - Publicado em 08/11/2018 às 20:09
Compartilhe: Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Pinterest Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no E-mail

Um babado das trevas, esse! Segundo o site Deadline, o ‘Templo Satânico’ decidiu processar a Netflix e a Warner Bros. em 50 milhões de dólares (!). A acusação? A série “O Mundo Sombrio de Sabrina” teria copiado a estátua de Baphomet do templo para aumentar o “terror ao satanismo”, de acordo com a entidade.

O ‘Templo Satânico’ é conhecido por tornar difícil a vida de governos que permitem exibições religiosas em propriedades públicas. A Variety contou que o templo tentou colocar sua estátua de Baphomet ao lado de uma representação dos Dez Mandamentos no Capitólio de Oklahoma, o que lhe trouxe bastante publicidade. Agora, eles alegam que os produtores de “O Mundo Sombrio de Sabrina” estão lucrando em cima de seu trabalho. O processo, aberto na quinta-feira passada (1) em Nova York, alega que quatro episódios da série mostram uma estátua de Baphomet muito semelhante à criada pelo templo.

A estátua de Baphomet que está gerando controvérsia fora da série. (Foto: Reprodução/Netflix)

*Leia também:

— Atriz garante uma Sabrina “diferente” na segunda temporada da série da Netflix

— Bruxinha Sabrina quase foi a vilã de “Riverdale” antes de ganhar sua nova série; entenda por que não rolou!

— Sabrina: Bruxa toma decisão importante no primeiro e macabro trailer da série da Netflix; vem ver!

De acordo com o processo, o templo criou sua própria estátua em 2013 e 2014, baseando-se em iconografia do século 19. Eles alegam que a criação deles contém vários elementos que a transformam em uma “expressão original”, e por isso tem direitos autorais. A estátua mostra duas crianças olhando para cima, encantadas com uma besta metade bode, metade homem. O templo disse que a estátua custou em torno de 100 mil dólares para ser projetada e construída.

O Sombrio Mundo de Sabrina retrata a personagem lutando contra seu destino… encapetado. (Foto: Netflix )

A estátua que aparece no programa do Netflix também mostra duas crianças olhando para cima e reverenciando um homem-bode, e surge a partir do segundo episódio do seriado, como um ponto central da Academia de Artes Ocultas. Segundo o templo, a série representa o satanismo de maneira estereotipada. Quando procurada para comentários, a Netflix pediu que o Deadline entrasse em contato com a Warner Bros., que se recusou a comentar o caso. Que babado, hein?!