Silvio De Abreu Jose Mayer

Silvio de Abreu defende José Mayer de acusações de assédio: ‘Foi um escândalo plantado’

No ano de 2017, José Mayer foi acusado de assédio sexual por uma figurinista da TV Globo e, posteriormente, desligado do canal. Contudo, ainda há quem defenda o veterano das novelas. Nesta quinta-feira (28), em entrevista à revista Veja, o autor Silvio de Abreu se manifestou a favor de Mayer e alegou que tudo não teria passado de um “escândalo plantado”.

O autor de “Rainha da Sucata” e “Guerra dos Sexos” reconheceu que Mayer teria sido “cafajeste”, mas colocou a responsabilidade da demissão em “grupos feministas” do canal. “Minha análise é que foi um escândalo muito mais plantado por grupos do que qualquer outra coisa. Foi uma atitude bastante cafajeste do Zé Mayer, mas sacrificar uma carreira brilhante e útil para a empresa como a dele foi decorrência da baita pressão de grupos que a diretoria recebeu. Naquele momento, fomos obrigados a tomar aquela decisão”, disse ele.

Continua depois da Publicidade

O ex-chefão da Dramaturgia da TV Globo opinou que tudo teria sido articulado. “Foi tão bem organizado que a novela (‘A Lei do Amor’) acabou na sexta-feira, e no sábado as pessoas já estavam com camisetas onde se lia: ‘mexeu com uma, mexeu com todas’. Já tinha uma coisa armada em cima disso. Existia uma pressão também de vários atores — mas mais de atrizes — pela punição. O Zé Mayer foi um bode expiatório”, defendeu.

Jose Mayer Imperio1
José Mayer, no ar na reprise de “Império”, deixou a TV Globo após acusações de assédio. (Foto: Reprodução/TV Globo)

Silvio disse não saber o que houve na situação, mas considerou que o ator teria recebido um julgamento “pesado” demais. “Volto a dizer que não estou defendendo a atitude dele. Não sei o que aconteceu de verdade entre ele e a moça, só fiquei sabendo de coisas que ocorriam aqui e ali. Se tivesse passado um tempo, as pessoas iriam refletir melhor. Mesmo tendo errado e sendo cafajeste, ele é um ator de belíssima carreira. A punição foi muito pesada”, declarou.

Continua depois da Publicidade

O escritor até tentou abrir as portas da emissora para José novamente – sem sucesso. “Eu batalhei muito na Globo para que ele tivesse uma segunda chance, mas não tive apoio. Precisaria de um grupo de apoio feminino. Não adiantava juntar um monte de homem para reivindicar isso. Aí seria uma atitude machista. Tinha de ter mulheres, e não consegui. Mesmo entre as que falaram que achavam uma injustiça, nenhuma assumiu isso publicamente”, relatou Abreu.

Caso Marcius Melhem

As acusações de Marcius Melhem também vieram à tona na entrevista, mas Silvio respondeu que não estava por dentro do assunto. “Eu devo ser muito bobo, porque não vi nada disso lá. Minha relação com o Marcius era ótima, trabalhávamos juntos, ele era chefe de um departamento e eu, de outro, fazíamos reuniões toda quinta-feira. E eu não sabia dessas histórias dele”, contou o dramaturgo.

Continua depois da Publicidade

Segundo Abreu, na época em que o humorista foi afastado, ele apenas soube que seria algo supostamente relacionado com a filha dele. “Um dia, o Schroeder (Carlos Henrique Schroeder, ex-diretor-geral da Globo) me chamou para falar que a filha do Melhem estava doente e ele teria de se afastar. Era para eu tomar conta do departamento de humor até ele voltar. Minha única preocupação era ter de dar conta dos dois departamentos, mas me falaram que ele ia voltar logo. E ele não voltou”, recordou.

Silvio disse que não sabia do caso de Marcius Melhem, que foi alvo de uma série de denúncias de supostos ataques sexuais. (Foto: Globo/Paulo Belote)

No final do ano passado, a TV Globo anunciou que Silvio de Abreu deixaria a empresa após mais de 40 anos no canal – algo que tem se repetido com uma série de talentos da empresa. De malas prontas para comandar projetos na HBO Max, o autor repudiou a nova postura da emissora. “Eu fui totalmente contra. Todas as vezes que alguém era dispensado, eu ia ao RH para discutir. Eles falavam que, se eu precisasse daquele ator, poderia recontratá-lo para um trabalho específico”, explicou.

Continua depois da Publicidade

Ele ainda citou uma polêmica envolvendo Stênio Garcia. “Não sei por que o senhor Stênio Garcia resolveu vir a público dizer que eu é que o tinha dispensado, falando que eu tinha raiva dele. O que mais me revoltou na história é que ele não era escalado porque diretores não queriam. O Stênio tinha feito uma plástica, e o rosto dele mudou muito”, disparou. Vixe!

Silvio De Abreu
Prestes a começar os trabalhos na HBO Max, Silvio de Abreu detonou os fins de contrato da TV Globo. (Foto: TV Globo/Estevam Avellar)

Agora, na plataforma de streaming, Silvio será produtor-executivo de telesséries na América Latina. “Meu trabalho será selecionar histórias, autores, diretores e atores para uma estrutura de produção contínua de telesséries — que são um híbrido entre a série e a novela. Uma telessérie não é tão longa quanto uma novela, pois vai ter no máximo sessenta capítulos, mas usa elementos de folhetim. Ao mesmo tempo, vai ter um aprofundamento das tramas que é típico das séries americanas”, prometeu.