Silvio Santos anuncia retorno do “Fofocalizando” com mudanças no elenco; Saiba tudo!

E a dança das cadeiras na programação vespertina do SBT segue firme e forte! Nesta sexta-feira (19), o patrão Silvio Santos decidiu tirar do ar o programa “Triturando”, e voltar com o “Fofocalizando”, apostando no formato já conhecido pelo público com notícias de celebridades. A reestreia do programa ainda marcará o retorno de Lívia Andrade às tardes da emissora, após ser afastada no mês passado.

De acordo com a coluna de Flávio Ricco, do R7, Chris Flores, que atualmente comanda o “Triturando”, permanecerá na atração como comentarista ao lado de Ana Paula Renault e Gabriel Cartolano, e Flor Fernandez deve ser afastada. A princípio, o canal exibiu a última edição ao vivo do programa hoje, e começará a fazer reprises dos episódios durante a madrugada, logo após o “Operação Mesquita”. Procurado pelo hugogloss.com, o SBT confirmou o retorno do “Fofocalizando” à grade, assim como a saída de Flor da atração.

O “Triturando” entrou no ar no início do mês de maio. De lá para cá, a atração fomentou diversas discussões sobre os assuntos mais variados. E quando falamos isso, realmente estamos nos referindo a um leque vasto de pautas, que ia desde fofocas sobre famosos e política, até o polêmico debate que questionou se as pessoas preferiam morrer com um tiro, esfaqueadas ou envenenadas. O que não era “aprovado” pelos comentaristas e os telespectadores, acabava “triturado”.

O “Triturando” foi alvo de críticas por discutir pautas de gosto duvidoso, como questionar como as pessoas preferem morrer. Foto: Reprodução/SBT

Lívia Andrade chegou a participar do elenco do “Triturando”, mas acabou afastada por Silvio Santos, assim como a apresentadora Mara Maravilha. Na época em que recebeu a notícia, ela chegou a se manifestar nas redes sociais. “Sim, eu fui triturada do programa ‘Triturando’, que era ‘Fofocalizando’. Fui pro cantinho do castigo, voltei. Voltei, era pra voltar apresentando, intercalando com Chris Flores, não, não era mais para intercalar, agora você vai voltar sentadinha lá, como comentarista do programa”, explicou.

“Eu não tenho uma emissora para chamar de minha, ele [Silvio Santos] tem. A emissora é dele, o programa é dele, ele faz o que ele quiser. Aceitem”, comentou. “Tudo bem? Tudo bem. Voltei comentando, de repente o programa virou música, triturar músicas e acabou fofoca. Aí mudou o nome do programa, mas aí voltou fofoca e música, enfim”, completou descontente.