“Survivor”: Reality show expulsa participante pela primeira vez na história, em quase 20 anos! Saiba detalhes

Eita! No episódio dessa quarta-feira (11) do reality show norte-americano “Survivor: Island of the Idols”, um participante foi expulso pela primeira vez em quase 20 anos de programa. O agente de Hollywood, Dan Spilo, foi eliminado após um “incidente fora das câmeras”.

O apresentador Jeff Probst fez o anúncio para os outros participantes da tribo no final do capítulo. “Eu acabei de falar com o Dan particularmente e queria atualizar vocês. Uma decisão foi tomada e Dan não vai retornar ao jogo. Não vai voltar ao acampamento e não vai voltar no júri. Ele se foi”, revelou Jeff, sem dar mais detalhes.

As cenas seguintes mostraram os concorrentes em choque, especulando o que poderia ter acontecido. Em seguida, a tela ficou preta e o seguinte aviso foi exibido para os telespectadores: “Dan foi removido do jogo após um relato de um incidente, que aconteceu fora das câmeras e que não envolveu outro participante”.

A “People” tentou entrar em contato com um representante do participante eliminado e da emissora CBS, que transmite o reality. No entanto, nenhum dos dois quis comentar o ocorrido.

Após conversar com vários membros da produção, a revista descobriu que o episódio em questão envolveu uma pessoa da equipe do reality e aconteceu após um desafio de imunidade, enquanto Spilo e os outros competidores estavam entrando no barco para voltar ao acampamento. O momento não foi flagrado pelas câmeras, mas pelo menos um outro participante teria sido testemunha.

Dan Spilo foi expulso de “Survivor” (Foto: Robert Voets/CBS Entertainment)

Em uma entrevista com a Entertainment Weekle após o episódio, o apresentador foi questionado sobre a natureza do incidente, mas se recusou a dar mais detalhes. “A pergunta é justa e razoável. Eu me esforcei para ser o mais próximo possível com você em relação a tudo o que aconteceu nesta temporada. Nesta situação, por respeito à privacidade e confidencialidade, não posso dizer mais nada”, explicou ele.

“Foi uma temporada sem precedentes”, acrescentou ele. “Problemas sociais complexos foram trazidos ao jogo de uma maneira que nunca vimos antes. Priorizando o bem-estar de nossos concorrentes, passamos muito tempo discutindo todas as camadas da situação com representantes de recursos humanos, diversidade e inclusão, terapeutas, advogados, publicitários… Todos trabalhamos diligentemente durante todo o processo para tomar as decisões corretas e retratar com precisão o que aconteceu. Aprendemos muito e isso informará nosso processo no futuro”, pontuou.

Jeff ainda disse que Dan Spilo “não ficou feliz” quando foi informado sobre a decisão, mas eventualmente aceitou. “Nós falamos sobre tudo durante um tempo e no momento que ele entrou no barco para ir embora ele se acalmou e foi bem respeitoso quando partiu”, detalhou o anfitrião do reality.

Dan Spilo “não ficou feliz” quando foi informado sobre a decisão (Foto: Divulgação/CBS)

Outro incidente

Algumas semanas antes de ser expulso, Spilo se envolveu em outra polêmica dentro do reality após ser acusado de “tocar inapropriadamente” outra participante. Durante o episódio controverso, a jovem Kellee Kim mostrou sua preocupação após Dan violar seu espaço pessoal, mesmo após ela pedir várias vezes para ele parar.

No final, a participante foi eliminada pelo voto dos outros concorrentes, e o agente de Holywood se desculpou pelo ocorrido. “Eu trabalho em uma indústria em que o movimento #MeToo foi formado, cresceu e se tornou poderoso e forte. Meu sentimento pessoal é de que se alguém, mesmo que por um segundo, se sentiu desconfortável em relação a qualquer coisa que eu tenha feito, eu fico horrorizado com isso e sinto muitíssimo”, disse Dan.