Top Chef Brasil: Participante irrita competidores em prova do chocolate, causa a primeira discussão, e é eliminado; assista

Fortes emoções no “Top Chef Brasil” dessa quarta-feira (05). Uma semana após a participante Beatriz Buessio anunciar sua desistência da competição, Kaká Silva foi o quarto eliminado do reality show! Os chefs enfrentaram duas provas tensas que renderam até o primeiro conflito da temporada!

No “Teste de Fogo”, os participantes foram divididos em duplas para duelar entre si, mostrando suas habilidades em confeitaria. Na prova, eles precisaram usar o mesmo ingrediente para fazer uma sobremesa com chocolate e especiarias.

Além dos olhos atentos dos jurados, a chocolatier Luisa Abram foi convidada para avaliar as receitas e escolher o vencedor de cada duelo, que ficaria com a imunidade. Kaká apostou em um chocolate em duas texturas com calda de laranja, gin e zimbro. “É uma sobremesa moderna, essa técnica de água no chocolate é legal. A calda dela você sente o zimbro, mas de uma maneira muito delicada, muito elegante”, elogiou a chocolatier.

No entanto, o prato recebeu críticas do júri. Enquanto Emmanuel Bassoleil o classificou como “simples”, Felipe Bronze declarou: “Quando você explica sua sobremesa eu acho que você se coloca em uma posição mais difícil do que você deveria estar. Eu vou começar dizendo que eu sei muito bem o que é chocolate flexível e essa sua sobremesa não é chocolate flexível. Ele é duro, ele quebra”.

Os jurados, então, declararam que foi a sobremesa de Lucas que mais se destacou no duelo, colocando Kaká no “Desafio de Eliminação”. Veja como foi:

Antes da última prova, no entanto, um conflito abalou a Casa Top Chef. Assim que chegaram do teste, alguns participantes foram tirar satisfação com Kaká por se incomodarem com o fato de que ele pegou mais ingredientes do que o necessário, deixando os colegas sem nada para executar suas receitas.

“Eu ia pegar, levar e dividir”, justificou o chef. “O que aconteceu? Michele ficou sem açúcar. E depois você falou que ainda não queria dividir com ele”, ponderou Bruno. “Eu falei que dividia com ele”, retrucou Kaká. “Explica isso pro Michele porque ele tava bem p*to”, apontou Natália.

Para as câmeras, em seu depoimento, Kaká desabafou sobre a briga: “Eu tô tentando ser muito ético. Hoje eu descobri que não dá pra ser bonzinho e ajudar todo mundo, entendeu? Ser o Messias da casa, sabe?”. Assista:

Já no “Desafio da Eliminação”, os chefs que perderam os duelos enfrentaram condições desafiadoras para cozinhar. Eles não podiam usar fogão e forno e tinham apenas churrasqueiras disponíveis para fazer um prato de peixes e frutos do mar. Marê Araújo venceu a prova, conquistando a “Faca de Ouro”, que garante um poder no “Teste de Fogo” do próximo episódio.

O prato de Kaká, no entanto, foi considerado pelos jurados o pior do desafio e, por isso, ele foi eliminado da disputa pelo prêmio de R$ 300 mil. Taty também não teve um bom resultado, mas acabou se salvando.

“Kaká, nessa altura do Top Chef, repertório é muito importante. A gente ficou na dúvida sobre alguém que pode evoluir um pouco e alguém que veio lá em cima e deu uma caída bruta. Mas o que vale é o que vem no prato então, no final das contas, quem deixa o Top Chef é o Kaká”, revelou Felipe Bronze. Confira: