Fotojet (1)

Polícia investiga quadrilha que criou estacionamento falso para furtar carros de fãs do Maroon 5 em SP; saiba detalhes

Bandidos levaram ao menos sete carros, além de furtarem pertences das vítimas; o prejuízo somado chega a R$ 1,5 milhão

A Polícia Civil investiga uma quadrilha que criou um estacionamento falso para furtar carros de fãs durante um show da banda Maroon 5, realizado na última terça-feira (5), no estádio Allianz Parque, em São Paulo. Ao menos sete veículos foram levados pelos criminosos, que ainda arrombaram outros automóveis e levaram pertences das vítimas.

Testemunhas informaram ao G1, que os motoristas chegaram a pagar até R$ 150,00 a um grupo de sete pessoas, que se passaram por donos e manobristas de um suposto estacionamento, localizado em um terreno na Rua Doutor Homem de Melo. Quando voltaram ao local, após o término do show, se depararam com o “estabelecimento” já abandonado e com boa parte dos carros, desaparecidos. O número total de automóveis não foi divulgado pelas autoridades.

A reportagem apurou que o espaço onde foi alocado o estacionamento clandestino era uma casa, que foi demolida há alguns meses. Os proprietários do terreno não sabiam que bandidos tinham quebrado o cadeado do portão e invadido o local. A TV Globo obteve imagens feitas por câmeras de segurança, que mostram como a quadrilha agiu no momento do golpe. O material já está sob análise da polícia, que tenta identificar os criminosos.

Por volta das 16h30 daquele dia, um homem de colete laranja se aproximou do terreno e arrombou um cadeado. Dez minutos depois, ele e outro comparsa abriram o portão e entraram, seguidos por um carro. Durante a noite, atraíram motoristas até o local. Às 19h30, um flanelinha saiu com uma bolsa do estacionamento e, em seguida, os criminosos saíram com o primeiro carro furtado, uma caminhonete importada. Quase duas horas depois, outro veículo importado foi levado. Quando o show se encerrou, às 23h, não havia mais ninguém no terreno.

De acordo com o G1, um dos carros roubados custa R$ 800 mil e, conforme aponta a investigação, o prejuízo somado das vítimas chega a R$ 1,5 milhão. A polícia vai tentar rastrear as contas que os criminosos usaram para cobrar o valor do estacionamento por Pix.

“O que chama a atenção é a capacidade do aliciamento que eles tiveram. Nessa região tem várias casas de shows e eventos, o fluxo de pessoas é muito grande. E a busca por estacionamentos e garagens é enorme. Conseguiram acondicionar vários veículos no local, dos quais, foram posicionados e deixadas as chaves. Todo estacionamento solicita que se deixe chaves para fazer manobras. Isso facilitou a ação deles”, disse o delegado Reinaldo Vicente Castello, do 23º Distrito Policial (DP).

Continua depois da Publicidade

Esse tipo de ação criminosa é inédita na região. “É fato novo existente na área. Com essas características e a simulação da existência de um estacionamento, é a primeira vez que nós temos esse fato noticiado”, falou Castello. “As características dos veículos levados é para repasse. Temos carros que chegam em torno de R$ 800 mil até carros de R$ 50 mil. Somando os valores, deve chegar em torno de R$ 1,5 milhão os bens materiais que foram levados”, encerrou o delegado, orientando que quem for a um show deve ficar atento a estacionar seu carro em locais credenciados e legalizados.

O que diz o Allianz Parque

Em nota, o Allianz Parque, estádio onde ocorreu o show do Maroon 5, informou que não tem qualquer relação com o estacionamento onde os carros foram furtados: “Nosso estacionamento não conta com vallets (é self-park) e toda operação é feita dentro das dependências do Allianz Parque. Além disso, fomentamos em todos os canais oficiais de comunicação (site e redes sociais) sobre o serviço oficial de estacionamento, inclusive estimulando a reserva antecipada”.