TV / Séries

Ator promete drama ‘insano’ para casal gay de ‘Grey’s Anatomy’ e comenta decisão após se assumir

Jonas Lirio - Publicado em 10/11/2018 às 0:31
Compartilhe: Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Pinterest Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no E-mail

Já tem reviravolta a caminho para o mais novo casal gay de “Grey’s Anatomy”. Depois de finalmente terem se beijado no episódio da semana passada, Levi e Nico vão passar por um drama de cair o queixo no último episódio da série em 2018. “É insano”, revelou o ator Jake Borelli.

Intérprete do Dr. Levi Schmitt, ele contou ao Digital Spy que está bastante animado para assistir ao episódio em questão, que vai ao ar na semana que vem nos Estados Unidos. “Quando li [o roteiro], meu queixo literalmente caiu e as coisas certamente esquentaram!”, disse. “Não vou dizer se é algo bom ou ruim, mas tem um drama clássico de Grey’s Anatomy vindo aí, especialmente entre Alex [Landi, que interpreta Nico] e eu”. OMG!

Alex Landi e Jake Borelli como Nico e Levi em ‘Grey’s Anatomy’. (Foto: Divulgação/ABC)

Borelli chamou atenção na semana passada quando aproveitou o primeiro beijo entre médicos homens na série para se assumir publicamente como gay. “Este é exatamente o tipo de história que eu ansiava como um jovem gay crescendo em Ohio”, escreveu em uma publicação emocionante no seu perfil no Instagram.

Na conversa com o site, o ator explicou o que o inspirou a se assumir publicamente. “Saí do armário para meus amigos e família há muito tempo, e comecei a ver que este era o próximo passo. Eu ganhei a habilidade de falar em uma plataforma grande, e para mim este era o próximo passo”, disse Borelli.

“Simplesmente pareceu certo, e estamos em uma época agora em que eu dou valor a honestidade e autenticidade. E só queria viver a vida que eu respeito de outras pessoas”. Falou bonito, né? Ele também comentou sobre como está sendo a experiência de viver tudo isso em uma série como “Grey’s”.

“A sensação é incrível, honestamente. ‘Grey’s Anatomy’ é uma série tão icônica que está no ar há 15 anos”, disse Borelli ao Digital Spy. “Muitos relacionamentos LGBTQ já passaram pelo programa, como Arizona Robbins e Callie Torres, e aquela relação era tão cheia de nuances e fez tanto pela comunidade LGBTQ. E agora estamos no começo de uma nova relação gay”, afirmou.

“Blowin’ in the Wind”, oitavo e último episódio da primeira parte da 15ª temporada, vai ao ar nos Estados Unidos na próxima quinta-feira (15), no canal ABC. No Brasil, a série é transmitida pelo canal Sony.