Entrevista: Elenco de “La Casa de Papel” analisa teorias de fãs, elogia performance de Neymar na série e fala sobre destino de personagens: ‘Muito forte e cheio de estranhos recomeços’; Assista

A última temporada de “La Casa de Papel” terminou de forma totalmente dramática, deixando os fãs com gostinho de quero mais! Em meio ao maior golpe já executado por eles, nossos bandidos favoritos se encontram numa situação de pânico: o Professor (Álvaro Morte) acredita que Lisboa (Itziar Ituño) foi executada; Rio (Miguel Herrán) e Tóquio (Úrsula Corberó) explodem um tanque do exército, e Nairóbi (Alba Flores) luta entre a vida e a morte.

Ansioso com a chegada dos novos episódios da série, Hugo Gloss bateu um papo com Esther Acebo, Alba Flores, Darko Peric, Pedro Alonso e Rodrigo de La Serna, parte do elenco de “La Casa de Papel”, durante passagem do grupo pelo Brasil, no final do ano passado. Na conversa, os atores contaram um pouco mais sobre o destino dos “atracadores”, analisaram teorias criadas por fãs e comentaram sobre a participação de Neymar Jr. na produção!

Continua depois da Publicidade

De cara, Gloss quis saber se veremos uma Nairóbi “vivíssima”, após o susto dos capítulos anteriores. “Bom… Vivíssima é uma palavra muito forte! A Nairóbi vai passar por um calvário. O público vai sofrer muito com essa personagem, com outros também. Mas também acredito que teremos uma pincelada de algo um pouco mais otimista, de outro ponto de vista. Teremos algo de Nairóbri que nunca vimos antes, acredito que isso vá ser surpreendente”, analisou Alba, deixando um suspense no ar.

E não é só o público que vai sofrer, não! Helsinki se encontrará totalmente desamparado, após levar um “fora” de Palermo e ver a amiga que é apaixonada por ele, baleada. “Na terceira temporada, o coração dele já estava dividido, porque tem uma parte ligada à Nairóbi e outra ao Palermo. E os dois (Nairóbi e Palermo) não se dão muito bem. Na vida real esse tipo de coisa também acontece… os amores impossíveis”, explicou Darko sobre o triângulo amoroso.

Curiosos com o desfecho dos personagens, os fãs costumam criar diversas teorias sobre o final da série. Uma delas supõe que Tóquio seria a única sobrevivente do grupo após o golpe, e por isso é quem narra os acontecimentos da produção. Será?! “Tem uma que diz que Tóquio está presa, na cadeia. Todos os outros estão em uma espécie de limbo, mas na verdade, estamos mortos e esse é o nosso purgatório e inferno pessoal. É uma teoria muito louca, embora simbolicamente seja uma perspectiva bem interessante”, declarou Flores, garantindo que também não sabe o que vai acontecer. Hmm…

View this post on Instagram

💥💥💥 #LCDP4

A post shared by La Casa de Papel (@lacasadepapel) on

Assim como todos nós, Neymar Jr. também é um grande adorador da produção espanhola. O craque, inclusive, fez uma participação especial em episódios relançados da terceira temporada. Neles, Ney interpreta um monge e contracena com Berlim e Professor. “Como foi gravar com ele (Neymar)? Como ele é atuando”, questionou Hugo.

“Foi terrível! Terrível!”, brincou Pedro. “Algo que me interessa muito na nossa profissão, e que coincide com o mundo dos atletas, é como resistimos à pressão. Chegamos no set – era uma sequência dramática, algo que pode mexer com o emocional de uma pessoa. Ele estava muito empolgado com a oportunidade, porque gosta muito da série. Ele gosta e ficamos honrados com isso… Mas como profissional, ele foi absolutamente impecável. Achei ele muito bom”, elogiou o ator, em seguida.

Continua depois da Publicidade

Por fim, os rapazes também deram um gostinho do que vem por aí. “Se prepara, meu irmão, se prepara. Vai ser um incêndio descendo pela espinha dorsal latino-americana e virando para Europa. E lembre-se do que estou falando, porque foi selvagem. O que trabalhamos em nossa trama foi realmente muito forte e cheio de estranhos recomeços”, avisou Alonso. Ai, minha nossa senhora de bella ciao!

Confira o vídeo da entrevista completa:

A quarta temporada de “La Casa de Papel” estreia no próximo dia 3 de abril, e você pode conferir mais imagens inéditas da produção abaixo: