Exclusivo! “Esquadrão 6”: Ryan Reynolds abre o jogo para Hugo Gloss sobre cenas “explosivas” dirigidas por Michael Bay; Elenco revela comida brasileira preferida! Assista!

Já imaginou falsificar a própria morte e “salvar o mundo” em seguida?! Foi essa a missão encarada pelos membros do filme “Esquadrão 6”, uma das maiores produções da história da Netflix – que estreia dia 13 de dezembro. Para entender o propósito dos destemidos protagonistas, Hugo Gloss foi descobrir os segredos por trás da produção, em um papo maravilhoso com Ryan Reynolds, Mélanie Laurent, Corey Hawkings, Manuel García-Rufo e Adria Arjona.

Forjar a própria morte e se manter invisível pode não ser uma tarefa fácil para nós, mas Reynolds consegue identificar a razão exata para os personagens. “Eles estão meio felizes de se livrar de suas vidas e começar do zero. Isso dá uma motivação a eles, dá um arco aos personagens”, disse o eterno Deadpool.

Antes de encarar a empreitada sanguinária de derrubar um ditador cruel, os protagonistas abriram mão de tudo – o que é meio triste, mas compreensível para os astros. “Esses personagens já começam no fundo do poço. Eles não têm muito ao que se apegar. Eles estão numa busca”, opinou Corey. Até que a missão se torna algo mais sentimental. “No fim do filme eles se tornam uma família”, complementa Ryan.

Mas integrar o esquadrão do diretor Michael Bay – da saga “Transformers” – não foi tarefa fácil para o elenco, que teve de pegar pesado para as gravações. “Treinamos muito. No começo, por três semanas seguidas. Também tivemos que malhar. Durante essas três semanas, malhávamos todos os dias, por pelo menos duas horas seguidas. Fizemos dietas, aprendemos a atirar”, contou Adria. Achava que a vida em Hollywood era fácil?

A vida é tão dura que até deixaram os coitados com fome! Kkk Manuel surpreendeu nosso ‘Boss’ ao iniciar a entrevista comendo uma maçã. Brincadeiras à parte, ele e Adria se encantaram com o que conheceram da culinária brasileira. “Sabe o que eu comi ontem? Me empanturrei de pão de queijo. Bom demais! Comi um bife enorme e nunca como carme”, mencionou a estrela. Só faltou a tradicional feijoada!

Voltando ao elenco e toda a sua química, Mélanie lembrou de como ela e Arjona transformaram suas personagens, deixando-as longe do estereótipo de rivalidade feminina. “Elas são inteligentes e elas se amam, não sei se é tão óbvio, mas há uma química. No texto, parecia que elas eram um pouco rivais, de modo muito clichê ao retratar mulheres. Mas eu e Adria nos adoramos, então tentamos imprimir isso no filme como conseguimos… E acho isso inovador”, defendeu a atriz.

Ryan Reynolds estrela “Esquadrão 6” (Foto: Reprodução/Netflix)

Adria assina embaixo: “Se o roteiro fosse sobre sermos cruéis uma com a outra, seria o trabalho mais difícil da minha vida, porque eu a amo demais, ela é maravilhosa”. Por essas e outras razões, as duas admiram o tratamento dado às mulheres na trama. “Adria e eu ficamos felizes de participar desse filme, há um respeito em relação a protagonistas femininas. Elas não estão ali apenas porque ‘precisamos de mulheres no filme’, o que acontece muito”, citou Laurent.

Como deu para ver, não só os personagens se tornaram uma grande família, como também seus intérpretes! “Até mesmo com o Lior [Raz], o Lior faz o vilão, mas ficamos tão próximos e ele faz parte do nosso grupinho. Ficávamos tipo, ‘Não! Porque precisamos ficar contra ele?!'”, recordou Arjona. Do esquadrão pra vida!

E Ryan conseguiu sintetizar todos os motivos pelos quais não podemos perder essa história: “Tem muitas piadas, muitas explosões, muitas perseguições, muita coisa doida, gigante em termos de ação”. Certo, agora está garantido, “Esquadrão 6” está aí para agradar todos os públicos. Antes disso, assista a esse papo incrível na íntegra: