Exclusivo! ‘Resgate’: Chris Hemsworth revela os bastidores tensos da maior cena de ação de sua carreira: ‘A mais prazerosa que já filmei’ – Assista

Tiro, porrada, bomba… e muita emoção! Não tem tédio na quarentena que sobreviva ao mais novo lançamento da Netflix, “Resgate”. Protagonizado por Chris Hemsworth e dirigido por Sam Hargrave, o longa é um prato cheio para os fãs de filmes de ação. A equipe do hugogloss.com conseguiu bater um papo com a dupla por videoconferência e te conta o que esperar da produção.

“Resgate” estreou na plataforma de streaming na última sexta-feira (24), e já figura entre os títulos mais assistidos do catálogo. E não é pra menos! O longa conta a história do mercenário Tyler Rake (Hemsworth), que recebe a difícil missão de libertar um garoto indiano, mantido refém na cidade de Dhaka. Apesar de estar preparado fisicamente, ele precisa lidar com crises de identidade e com seu emocional fragilizado por problemas do passado para que consiga concluir sua tarefa da melhor maneira possível.

Com um currículo que reúne outros grandes filmes de ação, Chris Hemsworth precisou enfrentar o desafio das filmagens de tirar o fôlego no formato plano-sequência (sem cortes da edição). “Tinha que ser tudo perfeitamente coreografado, sem emendas, e são sequências longas e grandes. Se você faz 95% da sequência correta e dá um tropeço, é preciso começar tudo de novo. Tinha muito para se executar em cada um dos takes, e não era como se as coisas pudessem ser resolvidas na pós-produção ou cortar para outro ângulo”, explicou.

Apesar das dificuldades, o trabalho garantiu um lugar especial no coração do ator australiano. “Foram semanas e semanas de ensaios e muita pressão, mas também foi a sequência mais prazerosa que eu já filmei”, revelou.

Sam Hargrave, que além de dirigir tem uma carreira bem sucedida como dublê de filmes de ação, chegou a ficar preso em um carro para garantir as melhores cenas. “Era como ir para uma batalha por dia com seus amigos, porque o Chris estava entregue ali, então eu peguei a câmera e também estava entregue, porque o que eu queria fazer, o que nós queríamos fazer com essa sequência, era pegar o público pela base do pescoço e dizer: ‘Ei! Vocês vêm com a gente'”, analisou.

Além da ação, “Resgate” coloca o espectador para refletir sobre algumas questões. Para o diretor, cada detalhe foi pensado para construir uma trama que valorizasse a relação entre Tyler e Ovi (Rudraksha Jaiswal). “A verdadeira história do filme é a relação entre eles, sobre o crescimento deles e um homem que busca por redenção. Mas se passa em um lugar em que o crime e a pobreza são muito presentes, então quisemos nos assegurar que isso fosse retratado com respeito, mas também com muita verdade. Para nos mantermos fiéis ao DNA do filme”, analisou Sam. Assista: