Após graves alegações da ex-esposa, Jeremy Renner se pronuncia, rebate as acusações e afirma que ela está atrás de seu dinheiro: “Obsessão gigantesca”

Após a ex-esposa de Jeremy Renner fazer acusações pesadas contra o ator na disputa judicial pela custódia da filha dos dois, foi a vez do astro da Marvel rebater as alegações — e fazer outras bastante graves também. De acordo com o TMZ, em novos documentos legais, Jeremy contestou as acusações de que usou drogas e álcool na frente da filha. Além disso, ele afirma que a ex-esposa, Sonni Pacheco, fez as alegações porque está brava que o relacionamento não deu certo, e está procurando um jeito fácil de conseguir dinheiro. Eita!

O ator insiste que nunca abusou de álcool e drogas, e afirmou que se submeteu a um teste de drogas por três meses para derrubar as alegações de Sonni. De acordo com Jeremy, todos os resultados vieram negativos, e ele afirma que a própria Sonni seria aquela com problemas de vício em drogas.

Jeremy também disse que contratou um especialista em saúde mental para monitorar suas visitas à filha, Ava, para provar que ele estava sóbrio e era um pai capaz. Os documentos entregues pelo ator ainda oferecem uma linha do tempo dos lançamentos de seus filmes e o histórico de alegações de Sonni contra ele — incluindo abuso físico e sexual de Ava —, sugerindo que a ex planeja seus ataques para gerar notícias ruins para ele durante estas ocasiões.

O Gavião Arqueiro de “Vingadores” afirma que as alegações de Sonni partem dos problemas psicológicos da ex, e ele quer que a justiça limite o tempo dela com Ava, até que ela busque o tratamento que precisa e mostre que pode “superar sua obsessão gigantesca em demonizar” Jeremy.

Segundo o site, o ator ainda diz que, durante o casamento de um ano, Sonni costumava se gabar para amigos que tinha “conquistado um Vingador”, e brincava que ela queria apresentar as próprias amigas ao resto do elenco do filme da Marvel, assim elas poderiam “conquistar um Vingador também”.

Em um comunicado para a imprensa através de sua assessoria, Jeremy afirmou que “o bem estar de sua filha, Ava, sempre foi e continua a ser seu foco primário”. Ele disse que cabe à justiça resolver a disputa entre o ex-casal. “É importante perceber que as dramatizações feitas na declaração de Sonni são um relato unilateral, feito com um objetivo específico em mente”, concluiu.

Entenda o caso

Como contamos anteriormente, a batalha judicial pela custódia da filha de Jeremy Renner está ficando cada vez mais intensa. Segundo o TMZ, Sonni Pacheco, a ex-esposa do ator de “Vingadores”, preencheu novos documentos na justiça, alegando que ele já ameaçou matá-la. Nos arquivos obtidos pelo TMZ, Sonni diz que, em uma das ocasiões, enquanto estava bêbado e sob efeitos de cocaína, Jeremy teria começado a falar sobre matá-la. Após este momento, ele teria enfiado uma arma em sua própria boca, ameaçando o suicídio.

O caso teria acontecido em novembro do ano passado, quando ele voltou de uma boate. Lá, ele teria falado para alguém que “não conseguia mais lidar com ela [a ex-esposa], e apenas queria que ela sumisse”. Após ameaçar se matar, o astro teria dado um tiro no teto de casa enquanto a filhinha estava dormindo no quarto.

Renner e Pacheco foram casados por dez meses e têm uma história bem difícil desde que se divorciaram em dezembro de 2014. Os dois dividem a custódia da pequena Ava, de 6 anos. Entretanto, em setembro, a mulher entrou na justiça para conseguir a guarda solo da filha, com apenas visitas monitoradas do pai.

Jeremy Renner e Sonni Pacheco têm uma história conturbada (Foto: Reprodução/Instagram)

Nos novos documentos divulgados hoje (14) pelo TMZ, a artista plástica alegou que o ex-marido tem uma longa história de abuso de substâncias, além de abuso verbal e emocional. Ela ainda disse que ele já se drogou enquanto estava com a custódia física da filha e, inclusive, teria deixado cocaína na pia de um banheiro que era acessível para Ava.

A menininha também já teria contado para Pacheco sobre as “várias mulheres” que entravam e saíam da casa de Jeremy incluindo “Tayler, Kelley, Natalie, Summer, Faith, Christina, Naz e Jessica.”

Além disso, a babá da menina já teria contado para a mãe que ouviu o intérprete do Gavião Arqueiro dizendo que iria para a casa dela matá-la e depois se matar porque “era melhor para a Ava não ter pais do que ter [Sonni] como mãe”.

A ex-esposa já demonstrou preocupação com as armas do ator em vários momentos desde que se separaram. Num deles, Sonni disse que a casa do astro não era segura para uma criança. A mulher tem medo da coleção de armas que ele mantém na propriedade e disse que uma delas fica exposta, atrás de um bar. Jeremy rebateu as acusações, alegando que as armas estão sempre travadas e trancadas com chave.