Advogado de Rose Miriam desmente família de Gugu, faz acusações contra irmãos do apresentador e alega que viúva foi coagida: “Assediada e constrangida ainda no enterro”; confira!

Mais um capítulo da polêmica envolvendo os bens de Gugu Liberato… Nesta sexta (20), a família do apresentador acusou Rose Miriam di Matteo de ter deixado os filhos sozinhos nos EUA, ocasião na qual concedeu uma polêmica entrevista à Folha. Agora, o advogado da viúva, Nelson Wilians, desmentiu que a cliente não teria comunicado os filhos sobre a viagem dela e deu sua versão do caso.

“Não é verdade que Rose Miriam Souza di Matteo veio ao Brasil sem o conhecimento dos filhos. Isso é somente para denegrir a imagem da viúva perante a opinião publica”, declarou ele à revista Quem. Nelson alega também que Rose foi coagida a assinar documentos. “Rose foi assediada e constrangida ainda no dia do enterro de Gugu. Seu luto não foi respeitado. Poucas horas após o enterro ela foi constrangida a assinar documentos pelo advogado da família de Gugu”, disse.

Após o ocorrido, a viúva teria até tomado providências jurídicas: “No dia 18 deste mês, ela registrou um Boletim de Ocorrência contra o advogado Carlos Regina, advogado da familia do Gugu”. Quanto ao processo para que sua relação com Gugu seja legitimada, “Rose tem o apoio de sua família para ser reconhecida como esposa e companheira de Gugu”, como afirmou Nelson.

Segundo o advogado os filhos de Rose Miriam di Matteo sabiam da viagem da mãe. (Foto: Amauri Nehn/Brazil News)

O advogado defendeu ainda que é a família Liberato quem tem tentado colocar mãe contra filhos – herdeiros da grande maioria dos bens. “Os irmãos de Gugu tentam induzir a erro os filhos dizendo que a mãe tirará deles quando, na verdade, aumentará. Rose quer ser reconhecida por sua união estável, que é a realidade e a verdade. Com Gugu vivo, ela era a companheira/esposa dele, com Gugu falecido, é a viúva e herdeira e, agora, os irmãos dele e sobrinhos querem lhe negar isso”, continuou. Além da parcela dos filhos, o restante da herança seria dividido entre sobrinhos do comunicador.

Nelson acredita que sairá vitorioso nesse processo, e a união estável será uma causa ganha: “A expectativa é de que seja reconhecido o direito, porque uma mulher, como a Rose, com o relacionamento que ela tinha com o Gugu Liberato, tem a lei a seu favor. A união estável entre o casal é clara, não paira nenhuma dúvida. Fato notório”.

Para ele, nem é possível questionar tal status. “Quem quer colocar dúvida é porque tem interesses escusos. Os requisitos para a união estável são: relacionamento público, contínuo, duradouro, com intenção de estabelecer família. Tudo caracterizado no relacionamento deles”, mencionou o advogado.

O advogado da viúva de Gugu, Rose Miriam di Matteo, crê que sua união estável com o apresentador será reconhecida judicialmente. (Fotos: Reprodução/Record TV/ Brazil News)

A intenção de Rose Miriam, segundo Wilians, seria dividir seus bens com João Augusto, Sofia e Marina, após uma hipotética vitória no processo. “Gugu era o único provedor de sua família. Vale ressaltar que, no momento que conseguir o reconhecimento da união estável, que é caracterizada quando as partes tem o propósito de constituir família, Rose se comprometeu a doar os bens móveis e imóveis aos filhos, reservando a ela somente o usufruto suficiente para sua mantença. Isso foi expresso por meio de Declaração em Cartório de Registro Público”, contou.

O advogado endossa: “Os filhos dela em nada serão prejudicados, pelo contrário, serão honrados com o que lhes é de direito. Agora a discussão nos tribunais é somente fática, probatória. Os amigos e documentos vão deixar claro que eles viviam como um casal e ela será considerada companheira, viúva e herdeira”. Agora nos resta aguardar o desfecho dessa história complicada…

Relembre o caso:

A notícia de que Rose Miriam di Matteo recorreria à Justiça por seus direitos na herança de Gugu Liberato, bem como sua entrevista à colunista Mônica Bergamo, da Folha, pegaram a família do apresentador de surpresa. Em uma nova nota divulgada hoje (20), Maria do Céu, mãe do comunicador, e os irmãos Amandio e Aparecida Liberato expressaram seu “extremo espanto” aos desdobramentos do caso de seu testamento.

Maria do Céu e os filhos, Amandio e Aparecida Liberato ficaram em choque ao descobrir a reação de Rose Miriam de Matteo. (Foto: Amauri Nehn/Btazil News)

No texto, a família de Gugu alega que a viúva teria deixado os filhos sozinhos em Orlando. “Nenhum familiar de Gugu sabia que Rose Miriam estava no Brasil. Para todos, ela estava em casa, ao lado dos filhos, oferecendo todo apoio necessário”, disseram. “O que causa extremo espanto à mãe e irmãos de Gugu, e é considerado o problema maior e inadmissível, é o fato dos três filhos terem ficado nos EUA sem a mãe ou qualquer parente, principalmente num momento como este’”, adicionou a nota.

O comunicado afirma ainda que nem mesmo os filhos tiveram notícias da médica: “Ainda mais sério e triste é o fato dos filhos de Gugu, João Augusto, Marina e Sofia também desconhecerem o paradeiro da mãe. Rose Miriam saiu de casa na segunda-feira (16/12) sem comunicar a ninguém sobre sua viagem, deixando apenas uma mensagem de WhatsApp, informando a um funcionário que iria para um retiro e retornaria na quarta-feira (18/12)”.

Gugu com os filhos, João Augusto, Sofia, Marina e a esposa, Rose Miriam (Foto: Reprodução/Instagram)

Por fim, o texto encerra lamentando a exposição do processo: “Nossa prioridade é o bem-estar e segurança dos filhos, João Augusto de 18 anos, Marina e Sofia, de 15 anos. Neste momento de extrema dor isso é absurdo. Qualquer informação sobre a herança dos filhos, deveria ser discutida somente com eles. Trata-se de um assunto familiar e existe sigilo judicial visando a proteção dos menores. Não temos nada mais a declarar”.

Confira o comunicado na íntegra clicando aqui.

Na polêmica entrevista, Rose Miriam contou que pedirá o reconhecimento de sua união estável com Gugu e, com isso, passará a ter direito sobre metade de sua herança. “Qualquer mulher no meu lugar faria isso. Está parecendo que é uma briga. Mas não é. Eu tenho todo o direito de me colocar no meu lugar —infelizmente, na condição de viúva”, explicou ela para o repórter Bruno B. Soraggi no escritório de seu advogado, Nelson Wilians.

Mesmo sem ter um documento que comprove a união, a médica disse que é “óbvio” que eles sempre foram uma família. “A própria família dele estava cansada de nos ver juntos, há 19 anos. Eu chamava ele de anjo. Nunca tive outro homem a não ser ele. Há pessoas que não querem aceitar a minha união estável com Gugu. Nós sempre fomos uma família. Marido e mulher, mãe e pai de três filhos”, pontuou.

A nota compartilhada pela família de Gugu nesta quinta (19), explicou o que o apresentador pediu em seu testamento feito em 2011. Segundo o texto, ele destinou “quase a totalidade”, cerca de 87,5% de seus bens, aos três filhos: João Augusto, Marina e Sofia. O resto teria sido deixado para seus cinco sobrinhos.

Gugu deixou a companheira, Rose Di Matteo, e os filhos João Augusto, Sofia e Marina. (Fotos: Amauri Nehn/Brazil News)

A nota chegou a mencionar que Rose havia sido convencida por sua família a assinar a contratação de uma segunda equipe de advogados, mesmo já tendo reconhecido o testamento. Entretanto, ela acabou decidindo não seguir o que haviam aconselhado. “Ciente posteriormente de que tal fato poderia ocasionar problemas ao espólio, o que fatalmente acarretaria uma disputa judicial entre mãe e filhos, houve por bem, por parte de Rose Miriam, redigir e enviar carta de punho próprio revogando e retirando a representação deste segundo advogado”, adicionou o comunicado.

Confira detalhes da entrevista de Rose Miriam clicando aqui.