Após ter seu Instagram tirado do ar, Carlinhos Mendigo se revolta com decisão de juíza: “Faço outras, seus pedaços de b*sta”

A noção passou longe! Após ter seu perfil no Instagram tirado do ar pela justiça brasileira, Carlinhos Mendigo se revoltou online e disparou xingamentos contra a determinação e a juíza do caso. O ex-integrante do “Pânico” foi “desligado” da rede social após descumprir a medida protetiva que Aline Hauck, mãe de seu filho, Arthur, tinha contra ele.

No entanto, apesar de não estar mais online no país, o perfil do humorista ainda segue ativo no exterior… e ele continua fazendo ataques para o que der e vier. De acordo com imagens obtidas pela colunista Fábia Oliveira, do jornal ‘O Dia’, Carlinhos publicou um vídeo em que o debatedor da CNN Brasil, Caio Copolla, classifica a suspensão de contas pessoais como “censura”.

“Ao suspender contas pessoais em plataformas online, um juiz está literalmente dizendo que tudo que aquela pessoa fala ou vai falar é ilegal. Isso não é direito, isso é juiz antecipado, é julgamento de erro futuro, ou seja, é um absurdo lógico. O STF está censurando pessoas antes mesmo de saber o que elas têm para falar, quando o correto seria aguardar suas manifestações e aplicar os devidos remédios legais, seguindo os devidos processos legais. Isso se comprovadamente abusarem do direito de sua liberdade de expressão, cometendo algum crime”, declara Coppolla no vídeo.

É importante ressaltar, entretanto, que a Justiça apenas determinou que a conta de Mendigo fosse tirada do ar porque ele, que estava proibido de realizar qualquer tipo de contato com a ex-namorada, postou alguns Stories no Instagram, fazendo diversos xingamentos contra ela. Ou seja, assim como apontado por Caio no vídeo, a juíza aguardou, sim, a manifestação para aplicar “os devidos remédios legais”. Assista à gravação publicada por Mendigo:

Na legenda da publicação, Carlinhos complementou a fala de Coppolla, adicionando ofensas à decisão judicial. “Censura disfarçada de democracia não é de hoje. Não irão me calar, raça de filhos da p*ta. A guerra só está no começo, não podemos mais dar nossas opiniões, nos defender, falar aos nossos seguidores e público fieis, expor pontos de vista, reflexões, propagar o evangelho, coisa que amo fazer, dentre outras coisas”, escreveu.

“Meu maior apego e amor vocês já me tiraram, que é o meu filho. Rede social, enfiem no rabo de vocês. Faço outras, seus pedaços de b*sta, tolos, hipócritas, imundos, nojentos”, elencou o humorista, usando figurinhas de baixo calão, segundo a colunista.

Post de Carlinhos no IGTV (Foto: Reprodução/Instagram)

Relembre o caso

O clima segue tenso entre Carlinhos Mendigo e a ex-dançarina do “Programa do Gugu” Aline Hauck, que é mãe do seu filho, Arthur. A Justiça de São Paulo pediu, em decisão publicada no Diário Oficial de quarta-feira (29), ao Facebook que retire o Instagram do humorista do ar. O motivo foi o descumprimento da medida protetiva que Aline conseguiu contra ele.

Com a medida protetiva, o ex-integrante do “Pânico na TV” é proibido de realizar qualquer tipo de contato com a mãe de seu filho, seja pessoalmente, por telefone, internet, email ou qualquer outro meio de comunicação. Ele também não pode publicar ou compartilhar fotos, comentários ou documentos da ex-namorada de forma vexatória, que foi justamente o que aconteceu neste mês.

No dia 20, Carlinhos fez um post no Instagram Stories, compartilhando um desabafo de Hauck online. “Mais um aniversário do filho que seu silêncio se fez presente. Mais uma data sem sequer uma ligação. Aquele ditado é extremamente verdadeiro: ‘Quem quer dá um jeito, quem não quer dá desculpas'”, havia escrito a bailarina em sua rede social particular.

O humorista, então, tirou um print do post e publicou no seu perfil, respondendo ao desabafo, enquanto fazia uma série de ofensas à mãe de Arthur. “Resposta aos seguidores da ‘barril’. Por que ligar se poderia ver, com todo o direito adquirido na justiça? Não vai ser do seu jeito, baleiaaaaa. Não caio mais em suas armações e armadilhas”, escreveu o homem, com declarações gordofóbicas.

Ele seguiu: “A Joyce Hasselman filha, com toda a sua cara de pau que lhe é peculiar, só esqueceu de avisar que essa quinzena de férias é minha. Portanto, desde o dia 15, em mais uma das centenas de vezes, não pude pegar o meu filho. Eu não ia falar, né, mas já que resolveu fazer graça mais uma vez e querer se vitimizar, nunca me entregou em minhas datas por direito, que era natal, ano novo, dia dos pais, dia das crianças, aniversários, meus finais de semana quinzenais alternados, etc. Por que nesse aniversário ela faria diferente, né? Chega a dar nojo. Gente porca! Gente escrota! Gente egoísta, mesquinha e criminosa. Assassinos de mentalidade e de infância. Raça de filhos da p*ta”.

Declarações de Carlinhos contra Aline (Foto: Reprodução/Instagram)

De acordo com a decisão publicada no Diário Oficial, o humorista ainda fez outros xingamentos na sequência. “[Carlinhos Mendigo] na condição de pessoa pública, expôs a requerente (Aline Hauck) e seus pais, por meio de redes sociais e emissoras de televisão, utilizando-se de termos pejorativos, como ‘Peppa’, ‘Najila Hauck’, ‘put* psicopata maluca’, ‘escrota e filha da put* sem escrúpulos e responsabilidade’, ‘estelionatários’, ‘golpistas’, ‘Najla 2’, para se referir a ela e seus familiares”, descreveu o documento.

Após as publicações que descumpriam a medida protetiva, a defesa de Aline Hauck e o Ministério Público de São Paulo (MPSP), entraram com um pedido de prisão preventiva do humorista. Por conta da pandemia, no entanto, o pedido de prisão não foi acatado pela Justiça. Como forma de punir Carlinhos, foi solicitado, então, que o perfil dele com mais de meio milhão de seguidores no Instagram seja removido do ar.

Segundo a jornalista Fábia Oliveira, do jornal ‘O Dia’, o Facebook já foi intimado para cumprir a decisão, mas não se sabe se o humorista já foi notificado. Até a publicação desta matéria, o perfil dele segue no ar.

Por enquanto, o perfil dele segue ativo (Foto: Reprodução/Instagram)

Enquanto enfrenta a Justiça neste caso, Carlinhos Mendigo continua utilizando suas redes sociais de forma lamentável, para fazer ataques diretos a Thammy Miranda, pela parceria feita com a Natura para o Dia dos Pais. Em um texto absurdo, o humorista alegou que preferia ser órfão a ser adotado “por uma mulher operada que se passa por homem para ter o privilégio de adotar uma criança”.

Ele seguiu os comentários transfóbicos: “Não existe jamais amor real nisso. Pois se Deus é amor, na sua forma perfeita, o próprio Deus nos deixou escrito a forma correta de senti-lo e dá-lo. Se vocês soubessem como é difícil adotar uma criança no Brasil… Mas somente héteros e pessoas normais que têm essa dificuldades, inclusive os próprios pais biológicos não têm esses direitos perante aos seus filhos. Esse país me dá vergonha”. A gente pode listar alguns motivos de vergonha pelo país, incluindo o presidente, mas ter o amor de um pai, que não abandona, com certeza não é um deles, viu, Carlinhos?

Publicação lamentável de Mendigo contra Thammy (Foto: Reprodução/Instagram)

Tensão antiga entre Carlinhos Mendigo e Aline Hauck

No dia 23 de janeiro, o humorista Carlinhos Mendigo chocou a internet ao se revoltar contra a mãe do seu filho, afirmando que deveria “fazer igual ao goleiro Bruno”. Ele, é claro, referia-se ao crime brutal do atleta contra Eliza Samúdio. Uma semana depois, Aline Hauck abriu o coração para a coluna de Fabia Oliveira, do jornal O Dia, sobre o que sentiu ao saber das ameaças, e explicou que já chegou a pedir uma medida protetiva contra o ex.

Nos stories gravados pelo ex-integrante do “Pânico na TV”, ele reclama que naquela data era seu aniversário e não conseguiu passar o dia com Arthur, mesmo tendo combinado previamente com a advogada de Aline. Porém, o comediante se descontrolou e fez menção ao assassinato bárbaro cometido pelo ex-goleiro do Flamengo. “Cada dia que passa, mais eu entendo o goleiro Bruno. Tem gente que merece muito mais do que sequestrador, torturador, estuprador. Sequestrar e estuprar a mentalidade de uma criança pode, né?”, escreveu em um dos posts, antes de dizer que deveria fazer o mesmo com a ex-namorada.

Embora todos tenham ficado chocados com a postura, acredite, esta não foi a primeira vez que Carlinhos falou isso para Aline. “É a terceira vez que ele fala isso, tanto que entrei com a medida protetiva em outubro do ano passado.Quando eu vi que ele foi na portada minha casa em um dia que não estava combinado e vi o descontrole dele, apesar de eu estar acostumada, eu fiquei extremamente assustada”, contou.

Foto: Reprodução/Instagram

A mãe do pequeno Arthur, de 8 anos, disse inclusive que vive com medo do que pode acontecer com ela e a criança. “Preferi sair das minhas redes sociais, me retirei de tudo. Não tenho mais vida social, por enquanto, e não faço absolutamente nada por tentar preservar a mim e ao meu filho. Ele já demonstrou que não tem nada a perder. O meu filho ficou sabendo dessa fala dele sobre o goleiro Bruno através dos colegas. Ele me ligou desesperado perguntando se estava tudo bem comigo”, relatou.

Nos vídeos de Carlinhos, ele reclama que não consegue comemorar datas especiais com o filho, graças aos empecilhos colocados por Hauck. Porém, a mãe alega que é a criança que não quer ver o pai. “Isso já vem de muito tempo, porque o pai do meu filho não cumpre a visitação como ela é determinada, de forma regular. Então todos esses anos ele aparecia a cada três, quatro, sete meses. Da última vez ele apareceu depois de um ano completo. Então acabou que o meu filho não criou esse vínculo com ele, que deveria ter sido criado ao longo do tempo”, avaliou.

O ex-namorado de Sabrina Sato ainda teria um comportamento inapropriado na presença de Arthur. “O pai dele chegou depois de um ano completo que não via o filho, e nem fazia uma ligação, dizendo: ‘sabe onde o papai estava? O papai estava dentro de um cativeiro na favela fugindo da polícia. Só que o papai é foda e agora o papai tá aqui na rua’. Meu filho arregalou os olhos, porque muita coisa eu não conto pra ele, não deixo ter acesso a esse tipo de notícia, e ficou extremamente assustado. Minha advogada falou pra ele não expor o processo e ele falou que era filho dele e que ele falaria o que ele quisesse”, relembrou a matriarca.

Outra batalha que os pais de Arthur travam é sobre a pensão alimentícia da criança. Carlinhos chegou a ter prisão decretada, mas conseguiu reverter a situação com a justiça. Segundo Aline, mesmo com a redução nos valores, ele não cumpre suas obrigações financeiras relacionadas ao filho.

A mulher ainda rebateu as acusações do ex de que estaria cometendo alienação parental. “Ele estudou sobre isso? Sabe como funciona? É uma nova palavra que ele descobriu através de outras pessoas e está usando. Se ele realmente achasse que existe isso ele não estaria na Justiça brigando por isso? Porque nas redes sociais não adianta falar. Não há alienação parental. Há um pai que não conviveu com o filho, não atendeu às necessidades psicológicas, cívicas e alimentares de uma criança e que não criou um vínculo com essa criança”, afirmou.

Foto: Reprodução/Instagram