Famosos

Filha de R. Kelly, Buku Abi se pronuncia sobre acusações de abuso sexual contra o pai: ‘Tenho consciência de quem ele é’

Raquel Rodrigues - Publicado em 11/01/2019 às 10:02
Compartilhe: Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Pinterest Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no E-mail

A filha de R. Kelly, Buku Abi, quebrou o silêncio sobre as acusações de abusos sexuais supostamente cometidos pelo artista. Em uma carta aberta publicada no Instagram, a cantora, cujo verdadeiro nome é Joann Kelly, condenou o seu “terrível” pai, que ela diz não ver há anos, por suas ações. Além disso, a jovem de 21 anos explicou o motivo de ter demorado tanto tempo para falar. “Antes de começar, só quero que seja saibam que estou falando de coração. Nada que eu diga ou não é para machucar qualquer parte lendo isso ou que tenha sido afetada por isso“, Buku iniciou seu post.

Para as pessoas que sentem que eu deveria estar falando contra tudo o que está acontecendo agora. Só quero que todos vocês entendam que devastação é um eufemismo para tudo o que sinto atualmente. Peço desculpas se meu silêncio a respeito de tudo o que está acontecendo soa como se não me importasse. Essa é minha última intenção. Eu oro por todas as famílias e mulheres que foram afetadas pelas ações de meu pai. Confie, fui profundamente afetada por tudo“, continuou a filha de R. Kelly.

A partir daí, Buku Abi relatou a dificuldade de “processar tudo” e reunir todas as palavras certas para expressar o que estava sentindo, já que não possui um relacionamento com R. Kelly há algum tempo. “Qualquer pessoa que me conhece pessoalmente ou me acompanha ao longo dos anos sabe que não tenho um relacionamento com meu pai. Nem falo sobre ele ou em seu nome. Também não gosto de lidar com meus problemas pessoais ou minha vida pessoal através da mídia social, mas sinto que as coisas estão começando a ficar fora de controle“, alegou.

Buku Abi Stories. (Foto: Reprodução/Instagram)

Eu, minha mãe e meus irmãos jamais apoiaríamos qualquer coisa negativa que ele tenha feito ou continue a fazer. Passando por tudo o que passei na minha vida, nunca iria querer que alguém sentisse a mesma dor. Lembretes de como meu pai é terrível, e como deveríamos estar falando contra ele, comentários grosseiros não ajudam minha família (Eu, minha irmã, minha irmão e minha mãe) em nosso processo de cura”, afirmou.

E prosseguiu: “Também não permite um espaço seguro para outras vítimas que estão com medo de falar. O mesmo monstro que vocês estão me confrontando é o meu pai. Tenho consciência de quem e do que ele é. Eu cresci naquela casa“.

*Leia também:
— Lady Gaga e Jay-Z se recusam a aparecer em documentário bombástico de R. Kelly e John Legend se pronuncia: “Não vou proteger um estuprador de crianças”
— Lady Gaga quebra silêncio sobre as acusações de abuso sexual contra R. Kelly e toma decisão sobre parceria

Buko continuou em seu texto explicando a razão de ter ficado quieta por tanto tempo. “Minha escolha de não falar sobre ele e sobre o que fez foi para minha paz de espírito. Meu estado emocional. E para a minha cura. Tenho que agir de uma maneira que seja melhor para mim. Rezo para que qualquer um que leia isso entenda que eu não coloco nada além de boa intenção por trás de cada palavra“, explicou a jovem,  acrescentando que a declaração levou três dias para ser escrita.

Eu só quero que todos saibam que me importo e amo todos vocês. Esse é um assunto muito difícil de se falar… de novo, peço desculpas se minhas palavras não saírem bem“, completou Buku.

Buku Abi Stories (Foto: Reprodução/ Instagram)

Na última parte de sua carta, Abi agradeceu aos apoiadores de sua família por ajudá-la a suportar este momento complicado. “O ano que passou para a minha família foi muito difícil, todo o amor e apoio que todos continuam demonstrando nos motivam a seguir em frente. Família, amigos, seguidores, fãs, etc… Eu amo vocês. Seu amor é apreciado e sempre será. Para qualquer um novato no meu perfil, eu só peço que quando você venha aqui traga paz e nada mais. Amor, Buki“, finalizou.

Buku Abi Stories (Foto: Reprodução/Instagram)

As acusações contra R. Kelly são antigas – começaram em 2002 – mas foram todas reunidas na recente série documental “Surviving R. Kelly”, produzida pelo canal Lifetime. A produção apresenta entrevistas com mulheres que afirmam que o artista usou seu poder e influência para abusar sexualmente e fisicamente de mulheres e meninas por décadas. De acordo com o jornal The Mirror, o cantor está sendo investigado pela polícia após os depoimentos do documentário.

Veja o trailer de “Surviving R. Kelly” abaixo!