Lari Manoela

João Guilherme é condenado em processo após mentir sobre traição em namoro com Larissa Manoela; entenda

O rapaz alegou que sua dignidade foi questionada após uma influenciadora digital afirmar que ele foi infiel

Eita! João Guilherme Ávila foi condenado por litigância de má-fé e terá que pagar uma multa de R$ 1.000, após a Justiça de São Paulo considerar que o ator mentiu em um processo. A ação foi movida pelo próprio filho de Leonardo, contra a influenciadora digital Dri Paz, depois que ela afirmou que o jovem teria traído a então ex-namorada dele, a também atriz Larissa Manoela.

João Guilherme namorou a artista anos atrás, quando tinha 14 anos. Ele resolveu processar Dri quando a moça afirmou nas redes sociais que o garoto foi infiel. Na ação, ele pedia uma indenização de R$ 10 mil e ainda chamava a influenciadora de “oportunista de plantão” e de “Nelson Rubens da geração Y”, alegando que ela divulga fake news para “bombar a qualquer custo na internet”.

Segundo o rapaz, as “falsas alegações” colocariam em xeque sua dignidade e pediu que Paz comprovasse a traição. Acontece que João Guilherme participou do “PodCats”, programa de podcast de Camilla Loures e Virgínia Fonseca, em novembro, e confessou ter pulado a certa em seu relacionamento com Larissa. A influencer processada, então, usou esse argumento na Justiça.

Joao Guilherme Larissa Manoela Um Ano Namoro Aniversario
João Guilherme e Larissa Manoela formaram um casal amado pelo público. (Foto: Reprodução/ Instagram)

O próprio autor [do processo, João Guilherme] admitiu, perante mais de 3 milhões de pessoas, que de fato traiu sua ex-namorada. É evidente a má-fé ao alterar a verdade dos fatos e buscar indenização por danos morais“, afirmou Dri, à Justiça.

A juíza do caso, Gabriela Fragoso Calasso Costa, aceitou a contestação e acabou condenando o cantor por litigância de má-fé. Ele terá que pagar R$ 1.500 de honorários aos advogados da influencer, além da multa de R$ 1.000. “João Guilherme muda a verdade dos fatos ao argumentar que nunca traiu sua ex-namorada, enquanto confessa perante a imprensa que o fez. Em diversas passagens de sua petição, fez afirmações que não condizem com a verdade“, pontuou a sentença. Os advogados de João Guilherme ainda podem recorrer.

Continua depois da Publicidade

Confissão do ator

No dia 1º de novembro, João Guilherme participou do “PodCats” e, durante bate-papo, falou sobre a reaproximação com a ex, Larissa Manoela, e admitiu tê-la traído anos atrás. Na semana anterior à entrevista, a dupla foi vista na mesma roda de amigos numa festa no Rio de Janeiro, e logo surgiram boatos de que os dois estariam vivendo novamente um affair.

“A galera é muito fanfiqueira. A gente estava junto na festa porque temos amigos em comum, ela mora lá no Rio agora e o meu amigo é amigo dela. Nós nos encontramos lá numa festa de Halloween, trocamos ideia, fazia tempo que a gente não conversava, porque a gente sempre foi amigo, gosto dela”, declarou. Curiosa, Camilla então fez a pergunta que não quer calar: “Mas e aí, ficaram?”.

Continua depois da Publicidade

Sem rodeios, João negou, mas Zé Felipe, que também participou da live, fez questão de dar uma provocada no irmão. “Ainda não, mas vai dar certo. Você é solteiro, ela é solteira, deu vontade ali, acabou”, brincou. “Mas ex é f*da. Ficar beijando ex na boca dá vontade de voltar ao namoro, eu pelo menos acho isso. Ficar beijando ex não é legal não”, devolveu Jotinha, como é apelidado o ator.

Em outro momento da conversa, o artista foi questionado sobre erros que cometeu em relacionamentos passados. “Eu traí a Larissa Manoela quanto eu tinha 14 anos”, admitiu, deixando Virgínia surpresa. “Foi mesmo? Eu pensei que era fic (mentira)! Aí vocês terminaram por causa disso?”, perguntou a cunhada do rapaz. “Foi. Não, não sei se foi por causa disso. Ela me perdoou. Não lembro, faz muito tempo”, desconversou ele.