Fotojet (1)

Bella Hadid revela ter passado por abusos em relações com homens e mulheres; ouça

A modelo se abriu em sua participação no podcast VS Voices, divulgado na última segunda-feira (24)

A modelo Bella Hadid se abriu sobre os abusos que já sofreu em relacionamentos, tanto com homens quanto com mulheres, seja em relações amorosas ou não. Em participação no podcast VS Voices, divulgado na última segunda-feira (24), ela contou como isso afetou negativamente sua vida ao longo dos anos.

Enquanto dizia que se sentia a “ovelha negra” da família e que não se identificava com os irmãos (Anwar Hadid e Gigi Hadid), Bella desabafou: “Sempre senti que minha voz nunca foi ouvida enquanto crescia“. Ela explicou o motivo deste sentimento. “Eu cresci em torno de homens — seja em relacionamentos, família ou o que quer que seja — que constantemente me diziam que minha voz era menos importante que a deles“, relembrou.

Continua depois da Publicidade

A apresentadora Amanda de Cadenet ressaltou que este é um caso de como o patriarcado coloca os homens como superiores. A modelo, então, fala sobre como isso a influenciou. “Entrar em relacionamentos enquanto eu crescia, não ser capaz de me defender e ter minha voz ouvida, me afetou muito intensamente nos meus relacionamentos adultos, nos quais o meu sistema nervoso falhava“, disse. “Era como lutar ou fugir — ou eu ficava em silêncio e chorava, ou eu atacava e ia embora“, completou.

Tudo isso, para ela, virou um ciclo que nunca tinha um fim. “Eu constantemente reatava com homens — e também mulheres — que haviam abusado de mim, e é aí que você começa a tentar agradar os outros“, afirmou. “Comecei a não ter mais limites, não apenas sexualmente, mas fisicamente, emocionalmente, e isso passou para o meu trabalho”, admitiu a modelo.

Bella Hadid abriu o coração durante participação no podcast VS Voices. (Foto: Getty)

Bella apontou que, devido a estes traumas, começou a se importar mais com a opinião das outras pessoas do que a dela mesma. “Eu não queria me associar a ninguém — não queria ter amigos e nem família. Me tornei alguém que tentava agradar as pessoas com meu trabalho. E era a opinião que todos tinham sobre mim que importava, exceto a minha, porque eu estava colocando meu valor nas mãos de todos os outros“, contou a modelo.

Ela ainda revelou que tem encontrado na terapia e meditação uma forma de cura, além de ter feito constantes pausas nas redes sociais. “Parece muito clichê, mas não ter a energia de todos os outros e suas projeções [sobre mim] é uma das coisas mais poderosas de todos os tempos”, disse. “É um clichê por uma razão, porque funciona”, finalizou. Atualmente, Bella namora o diretor de arte Marc Kalman, com quem está desde julho de 2021.

Ouça o podcast:

Continua depois da Publicidade

Alcoolismo

No início de janeiro, Bella também falou abertamente à revista InStyle sobre seu vício com bebidas. “Eu adorava álcool e chegou ao ponto em que eu até comecei a cancelar noites em que sentia que não seria capaz de me controlar”, revelou. A modelo, que está sóbria há seis meses, disse que era “muito mais difícil pegar o copo” depois que um médico mostrou seus exames revelando os efeitos do álcool no cérebro.

Não sinto mais a necessidade [de beber] porque sei como isso me afetará às 3 da manhã, quando acordo com uma ansiedade horrível, pensando naquela coisa que disse cinco anos atrás quando me formei no ensino médio”, admitiu. Ela contou que se sente feliz de ter conseguido sair desse ciclo, que só causava dor e estresse.