Britney Spears teme perder custódia dos filhos após denúncia de abuso contra o pai: “Ansiosa e paranoica”

Eita! As coisas não vão nada bem entre a família Spears. De acordo com o E! News, Britney estaria “muito brava” com seu pai, Jamie Spears, após ele supostamente ter cometido abuso físico contra seu filho.

Ontem (03), Kevin Federline, ex-marido da cantora, entrou com uma denúncia contra o pai de Britney, alegando que ele agrediu seu filho, Sean. Um representante de Kevin afirmou que ele estava agindo em nome do que era melhor para seus filhos.

Aparentemente, Britney concorda com o ex. “Ela está muito triste com o pai, e foi embora com os meninos. Britney jamais iria querer que Jamie tratasse seus filhos do jeito que ele tratou, ou se envolva em discipliná-los dessa forma”, disse uma fonte ao site.

Além disso, a fonte revelou que foi a estrela que contou para Kevin sobre o suposto incidente com os filhos. “Britney precisou explicar para Kevin o que aconteceu, e ele sentiu que não tinha escolha, a não ser ir até a polícia”, disse o informante. E acrescentou: “Kevin quer proteger seus meninos”. 

Após preencher a queixa, Kevin ganhou uma ordem de restrição contra Jamie, em nome dos filhos Sean e Jayden. Pela ordem, o avô dos meninos é proibido de entrar em contato com eles, ou ser o supervisor designado quando os dois estiverem sob tutela de Britney. Isso pode ser um desafio para o acordo de custódia atual de Britney e Kevin, já que Jamie é o tutor da filha. “Britney está extremamente ansiosa e paranoica sobre perder a custódia, e ela sente que Jamie coloca ela em risco”, afirmou a fonte.

Entenda o caso

O pai da diva, Jamie Spears, está sob investigação por abuso infantil, após Kevin Federline – ex da cantora e pai de seus dois filhos – fazer uma denúncia no domingo, dia 25 de agosto. Quando foi até a delegacia, Kevin registrou uma ocorrência alegando que Jamie teria agredido seu filho Sean, de 13 anos.

View this post on Instagram

Merry Christmas 🎁🍎🎁

A post shared by Britney Spears (@britneyspears) on

A razão para tudo isso, segundo a publicação, foi um incidente que teria ocorrido no dia anterior, no sábado. Conforme explica o relato, a agressão supostamente aconteceu enquanto os dois filhos do ex-casal estavam sob guarda da mãe. Os oficiais não deram detalhes específicos sobre quais teriam sido os supostos ferimentos, em respeito à integridade do garoto, que é menor de idade. A única informação divulgada é que o relatório policial aponta que Sean teria sofrido “abuso”, ou “agressão” de seu avô, enquanto estava sob os cuidados da mãe.

Com o incidente, Britney teria afastado as crianças de Jamie e os levado para casa. Mais tarde, Federline foi buscá-los e passou o resto do dia com eles. Conforme determinado pelo acordo da guarda, enquanto Britney passa seu tempo com os filhos, o avô dos garotos foi escolhido pela justiça para atuar como um monitor.

O site afirma ainda que os investigadores já entrevistaram todos os envolvidos no caso. A ocorrência também já foi enviada à promotoria da justiça local. Caso o pai da estrela seja indiciado, o delito provavelmente seria considerado como uma contravenção, ou uma má conduta, como um pequeno crime.

Tudo isso aconteceu dias antes de Britney e Kevin oficializarem o novo acordo da guarda de seus filhos. Como comentamos aqui, o pai ficará com a guarda das crianças por 70% do tempo, deixando Sean e Jayden com a mãe nos 30% de tempo restantes. Anteriormente, a custódia vinha sendo dividida num esquema de 50% para cada.