Carlos Alberto Hebe Camargo

Carlos Alberto de Nóbrega revela último pedido de Hebe Camargo e se comove: “Fico até emocionado”; assista

O humorista lembrou de sua amizade de longa data com a apresentadora, e ainda expôs um episódio que considerou “sobrenatural” após a morte dela

Carlos Alberto de Nóbrega foi um dos convidados do “PodPah” nesta quinta-feira (9), e se emocionou muito ao falar sobre Hebe Camargo. O veterano de “A Praça É Nossa” lembrou de sua amizade com a estrela e citou uma experiência “sobrenatural” após a morte dela. O humorista ainda ficou com a voz embargada ao recordar um último pedido da apresentadora, quando tentou visitá-la no hospital.

Na ocasião, Nóbrega aproveitou uma visita a um tio no hospital para tentar encontrar a amiga de longa data. “Quando ela já estava ruim, ninguém podia vê-la. Ela não queria. Por coincidência, o meu tio estava internado no mesmo lugar. Eu fui ver meu tio, pensei, vou passar, vai que cola, né? Tinha um segurança na porta lá da sala dela, aí falei: ‘Queria ver se eu podia dar um abraço nela, fala que sou eu'”, lembrou.

Whatsapp Image 2022 06 10 At 20.15.18
Carlos Alberto de Nóbrega ficou muito comovido ao lembrar de um último desejo de Hebe Camargo, que ele não a visse no estado que estava. (Foto: Reprodução/TV Globo)

Entretanto, Carlos não conseguiu entrar no quarto. O sobrinho de Hebe, Claudio Pessutti, explicou o pedido da estrela. “Ele falou: ‘Carlos Alberto, você não fica chateado? É que ela não quer ver ninguém’. Eu falei: ‘Tá bom'”, continuou. Pouco depois, assim que chegou ao estacionamento, ele recebeu um telefonema direto da loira, que expressou seu desejo. “Peguei o celular e era ela. Eu fico até emocionado”, recordou Nóbrega. “Ela disse: ‘Sabe, é que eu estou feinha… Não quero que você me veja feinha'”, concluiu o apresentador, segurando as lágrimas.

Continua depois da Publicidade

Durante o papo, Carlos Alberto lembrou como a amizade dos dois já vinha desde a década de 1950, quando Hebe foi madrinha de seu primeiro casamento. “Você vê já quantos anos de amizade. Ela me ajudou numa fase muito difícil da minha vida, em que estava com alguns problemas. Eu não ia à casa dela, mas ficávamos no telefone até duas horas da manhã. Ela era muito minha amiga. Muito, muito, muito boa gente”, declarou.

Então, o humorista citou o episódio que classificou como “sobrenatural”, durante uma gravação com Eliana na casa de Hebe. “Uma vez fiquei sabendo que a Isaurinha Garcia, que foi uma cantora muito famosa nos anos 1940-1950, tinha morrido sem nada. Hebe pagou tudo, pagou hospital, pagou enterro. Pouquíssimas pessoas sabiam. Eu fiquei sabendo e mandei um bilhete pra Hebe: ‘Muito bacana’, não sei o quê”, iniciou ele.

Continua depois da Publicidade

“A Hebe morreu, eu fui fazer uma gravação com a Eliana lá, e tavam preparando uns negócios de roupas que ia ter um museu da Hebe. E veio uma menina e falou: ‘Carlos, olha só o que eu achei aqui na bolsa da Hebe’. O bilhete. Eu na casa da Hebe, na sala dela, e o bilhete dizendo o que ela tinha feito”, citou Nóbrega, expressando sua admiração pelo momento. Assista ao vídeo na íntegra abaixo:

[Memórias sobre Hebe a partir de 2:20:00]

Hebe Camargo morreu em 29 de setembro de 2012, aos 83 anos. A apresentadora não resistiu após sofrer um parada cardíaca. Desde 2010, a estrela lutava contra um câncer no peritônio. Sempre muito vaidosa, Hebe passou a usar perucas após perder o cabelo em decorrência da quimioterapia, e expressou o desejo de não “entristecer o público”. Reconhecida como Rainha da TV brasileira, a artista deixou um enorme legado e marcou seu nome na história da televisão.