Margot Robbie critica obsessão da mídia por sua aparência: “Oportunidade perdida”

Margot Robbie revelou uma de suas grandes frustrações com a mídia: o foco constante em sua aparência. Em entrevista para a revista Stellar, a estrela — que está prestes a encarnar um dos maiores ícones de beleza feminino de todos os tempos nas telonas, a boneca Barbie — garantiu que tem muito o que falar, além de seu visual.

“Eu apenas não gosto que ‘aparência’ seja o foco, quando há tantas outras coisas a discutir. É uma oportunidade perdida para mim”, explicou Margot. E acrescentou: “Às vezes, eu sento [para uma entrevista], alguém faz uma certa pergunta — sem necessariamente ser relacionada à minha aparência — e eu penso comigo mesma: ‘Eu trabalhei com tantas pessoas interessantes. Você não quer ouvir uma história sobre o Martin Scorsese? Se eu estivesse no lugar [dos jornalistas], eu perguntaria algo diferente”. 

Apesar da atriz preferir conversar sobre assuntos mais relevantes, ela afirmou que não se importa de discutir sobre o próprio visual, se este estiver relacionado a um de seus personagens. Além disso, ela não vê problema em fazer uma matéria sobre beleza uma vez ou outra. “Eu não odeio, às vezes, contribuir para uma matéria em uma revista de beleza a respeito dos looks que usei em tapetes vermelhos”, disse. Margot é uma das estrelas mais bonitas de Hollywood — mas também uma das mais talentosas. A atriz australiana causou uma impressão e tanto no público quando apareceu nas telonas em “O Lobo de Wall Street”, em 2013, ao lado de nomes como Leonardo DiCaprio e Matthew McConaughey. Ela também foi indicada ao Oscar de Melhor Atriz por seu papel em “Eu, Tonya”.

Seu trabalho mais recente é no nono filme de Quentin Tarantino, “Era Uma Vez… Em Hollywood”. Ao lado de Brad Pitt e de DiCaprio (mais uma vez), Margot encarna a icônica atriz Sharon Tate. A história é centrada na Hollywood dos anos 1969, mesma época dos assassinatos cometidos por Charles Manson (interpretado por Damon Herriman).

Como contamos anteriormente, DiCaprio vive um ator de TV chamado Rick Dalton. Já Pitt interpreta o amigo e dublê de Dalton, Cliff Booth. A dupla precisa navegar pela indústria cinematográfica, conforme ela parece cada vez menos familiar. Assista ao trailer abaixo:

No elenco, também temos Al Pacino, como agente de Dalton; Dakota Fanning e Lena Dunham, como membros da família Manson; Damian Lewis, no papel do ator Steve McQueen; Emile Hirsch, Rumer Willis e Margaret Qualley. “Era uma vez em Hollywood” tem estreia marcada no Brasil para o dia 15 de agosto.