Revista People revela reação de ex de Demi Lovato, Wilmer Valderrama, a overdose da cantora

O ex-namorado de Demi Lovato, Wilmer Valderrama, ficou assustado com a notícia de que a cantora teve uma aparente overdose na manhã de terça-feira (24). A dona da voz de “Tell Me You Love Me”, de 25 anos, foi encontrada inconsciente em sua casa em Hollywood Hills, Califórnia, e foi levada às pressas para um hospital em Los Angeles. Ela já está “estável” e na companhia da família, como informou seu representante à NBC na noite de ontem.

Wilmer e Demi em festa pós-Oscar 2016, da Vanity Fair. (Foto: Pascal Le Segretain/Getty Images)

Segundo uma fonte da renomada People, Valderrama ficou “chocado” com a triste situação da antiga companheira. “Ele sabia que ela estava passando por um momento difícil, mas ele não estava preparado para isso. Ele a viu passando por tantos altos e baixos e foi seu porto seguro em alguns de seus momentos mais sombrios. Vê-la de volta num lugar tão triste e vulnerável é doloroso para ele“, disse o contato da publicação.

*LEIA TAMBÉM
Porta-voz afirma que Demi Lovato está bem e critica cobertura midiática: ‘Algumas informações divulgadas estão incorretas’

Internada após suspeita de overdose, Demi Lovato já falou abertamente sobre sua dependência; entenda!

Fonte nega informação do TMZ a revista People e fala sobre quadro de Demi Lovato

#PrayForDemi: Famosos enviam mensagens de apoio a Demi Lovato após overdose

O informante acrescentou que Valderrama “sempre se preocupou profundamente com ela e eles realmente permaneceram amigos depois que terminaram”. Demi e o ator namoraram por seis anos e colocaram um fim no relacionamento em junho de 2016, quando divulgaram uma declaração conjunta. “Esta foi uma decisão incrivelmente difícil para nós dois, mas percebemos mais do que tudo que somos melhores como melhores amigos. Nós sempre apoiaremos um ao outro. Obrigado a todos que nos ofereceram gentileza e apoio ao longo dos anos. Com apenas amor, Wilmer e Demi“, comunicaram eles na época.

No comunicado divulgado ontem (24), o representante da estrela tranquilizou os fãs sobre seu estado de saúde. “Demi está acordada e com sua família que agradece a todos pelo amor, orações e apoio”, disse. Ele ainda fez críticas às informações desencontradas divulgadas pela imprensa: “Algumas informações relatadas estão incorretas”, diz o texto que encerra com um pedido de privacidade.

O site TMZ foi o primeiro a relatar o incidente com a cantora, afirmando que ela teria sofrido uma overdose por heroína. Mais tarde, a informação sobre a substância foi negada à revista People por uma fonte próxima à estrela. De acordo com o áudio da chamada de emergência obtido pelo TMZ, Lovato estava inconsciente antes da chegada dos paramédicos e foi tratada por seus amigos com Narcan, um medicamento de emergência usado para reverter os efeitos de uma overdose de narcóticos.

Algumas horas após o ocorrido, o TMZ divulgou que a cantora já estava acordada e lúcida, mas teria se negado a contar aos médicos qual teria sido a droga que provocou a overdose. A nota diz ainda que não haverá investigação criminal, uma vez que nenhuma droga ilegal foi encontrada na casa da popstar.

Forças, Demi, estamos com você! <3