Ex-esposa de Jeremy Renner diz na justiça que astro ameaçou matá-la e depois enfiou uma arma na própria boca, e expõe episódio preocupante de uso de drogas

A batalha judicial pela custódia da filha de Jeremy Renner está ficando cada vez mais intensa. Segundo o TMZ, Sonni Pacheco, a ex-esposa do ator de “Vingadores”, preencheu novos documentos na justiça, alegando que ele já ameaçou matá-la.

Nos arquivos obtidos pelo TMZ, Sonni diz que, em uma das ocasiões, enquanto estava bêbado e sob efeitos de cocaína, Jeremy teria começado a falar sobre matá-la. Após isso, ele teria enfiado uma arma em sua própria boca, ameaçando o suicídio.

O caso teria acontecido em novembro do ano passado quando ele voltou de uma boate. Lá, ele teria falado para alguém que “não conseguia mais lidar com ela [a ex-esposa], e apenas queria que ela sumisse”. Após ameaçar se matar, o astro teria dado um tiro no teto de casa enquanto a filhinha estava dormindo no quarto.

Renner e Pacheco foram casados por dez meses e têm uma história bem difícil desde que se divorciaram em dezembro de 2014. Os dois dividem a custódia da pequena Ava, de 6 anos. Entretanto, em setembro, a mulher entrou na justiça para conseguir a guarda solo da filha, com apenas visitas monitoradas do pai.

Jeremy Renner e Sonni Pacheco têm uma história conturbada (Foto: Reprodução/Instagram)

Nos novos documentos divulgados hoje (14) pelo TMZ, a artista plástica alegou que o ex-marido tem uma longa história de abuso de substâncias, além de abuso verbal e emocional. Ela ainda disse que ele já se drogou enquanto estava com a custódia física da filha e, inclusive, teria deixado cocaína na pia de um banheiro que era acessível para Ava.

A menininha também já teria contado para Pacheco sobre as “várias mulheres” que entravam e saíam da casa de Jeremy incluindo “Tayler, Kelley, Natalie, Summer, Faith, Christina, Naz e Jessica.”

Além disso, a babá da menina já teria contado para a mãe que ouviu o intérprete do Gavião Arqueiro dizendo que iria para a casa dela matá-la e depois se matar porque “era melhor para a Ava não ter pais do que ter [Sonni] como mãe”.

A ex-esposa já demonstrou preocupação com as armas do ator em vários momentos desde que se separaram. Num deles, Sonni disse que a casa do astro não era segura para uma criança. A mulher tem medo da coleção de armas que ele mantém na propriedade e disse que uma delas fica exposta, atrás de um bar. Jeremy rebateu as acusações, alegando que as armas estão sempre travadas e trancadas com chave.

Eita! Que situação tensa!