Jordyn Woods chora e diz que sofreu ameaças de morte após escândalo de traição: “Fiquei dias sem comer”

A entrevista de Jordyn Woods ao “Red Table Talk” desta sexta-feira (01) continua rendendo. A modelo bateu um papo com a atriz Jada Pinket Smith e falou pela primeira vez sobre o escândalo de traição envolvendo ela e Tristan Thompson, ex-namorado de Khloé Kardashian. Além de contar sua versão do bapho, a até então melhor amiga de Kylie Jenner disse que a repercussão do caso gerou sérias consequências para ela e sua família.

Woods disse que, embora tenha cometido um erro, a história “não precisava ter se transformado no maior escândalo ou traição do ano“. “[Não foi] um erro que valha a pena a crucificação pública. É um erro que deveria ter sido tratado internamente“, afirmou. “O mais louco é que as pessoas que eu pensei que estariam ao meu lado não estão em lugar algum. Os primeiros dias foram definitivamente os mais difíceis. Eu não conseguia comer, fiquei dias sem comer. Eu não conseguia olhar para o meu telefone, mesmo. Eu apenas tentei dormir e esperava acordar e ver que isso não era verdade“.

Jordyn ainda se emocionou ao contar que recebeu incessantes ameaças de morte sobre o escândalo e que sua família foi forçada a permanecer em casa. “Toda vez que você atualiza a página, é outra pessoa intimidando, ou desejando a morte em cima de mim, ou me dizendo algo como: ‘Seu pai mereceu morrer’. Eu posso ter feito algo errado, mas independente do que eu fiz, não acho que mereci isso. Simplesmente, não é justo“. Pra quem não sabe, o pai dela, John Woods, era engenheiro de som de TV e amigo íntimo de Will Smith. Ele faleceu de câncer em 2017.

(Foto: Reprodução/Facebook Watch)

Se eu fosse uma pessoa fraca, eu teria me machucado“, ela continuou. “É até difícil para mim dizer isso… a segurança de todos agora está ameaçada… não podemos sair de casa. Meu irmão não pode ir trabalhar. Minha irmã não pode ir para a escola. Ela tem 12 anos. Minha mãe nem pode ir ao supermercado“.

Como falamos aqui, Jordyn negou que teria dormido com Tristan Thompson na festa que rolou na mansão do jogador no dia 17 de fevereiro e afirmou que o que houve entre eles foi apenas um beijo. Ela ainda declarou que não era o pivô da separação de Koko com o astro da NBA.

Eu não sou uma destruidora de lares. Eu sei que não sou a razão pela qual Tristan e Khloé não estão juntos. Agora, essa situação pode ter dificultado para ela querer estar com ele, e eu entendo isso, mas sei que não sou a razão. Mas não estou aqui para pagar de vítima. Eu não disse a verdade para as pessoas que eu amava. Não por causa de intenção maliciosa, mas porque eu estava com medo“. Clica aqui pra saber mais detalhes da entrevista.

Logo após a exibição do episódio com Jordyn, Khloé Kardashian acusou a melhor amiga de Kylie de mentir sobre o caso e disse no Twitter que Jordyn é sim, a razão pelo fim da sua família. “Por que você está mentindo Jordyn? Se você está tentando se salvar indo falar ao público, ao invés de falar comigo de forma privada para se desculpar primeiro, ao menos seja HONESTA sobre sua história. Aliás, você É a razão pela minha família ter se dividido”, escreveu a Kardashian, antes de falar sobre o ex Tristan Thompson.

Assista à entrevista na íntegra (a parte em que ela fala das ameaças começa a parti dos 19:00 minutos):

Jordyn Woods Shares The Truth

Jordyn Woods comes to The Red Table for an emotional first interview about the public scandal involving NBA Star Tristan Thompson, the father of Khloe Kardashian's daughter. She addresses the rumors and accusations. What really happened that night? It’s an RTT exclusive.

Publicado por Red Table Talk em Sexta-feira, 1 de março de 2019