Justin Bieber fala de mudança profunda de vida e revela por que o primeiro ano de casamento com Hailey foi “muito difícil”; saiba detalhes

Abriu o coração! Justin Bieber é capa da revista GQ de abril e deu uma entrevista super sincerona sobre sua trajetória de redenção. O cantor exaltou o momento atual que vive: um relacionamento forte com Deus, um casamento saudável e um novo álbum incrível, o “Justice”, mas não deixou de enfatizar que não foi nada fácil chegar até aqui.

Apesar de hoje ter uma relação muito boa com sua esposa, Hailey Bieber, o cantor relatou como, no começo, seus fantasmas do passado atrapalharam o matrimônio. “O primeiro ano de casamento foi muito difícil porque tinha muita coisa, voltando ao assunto dos traumas. Havia apenas falta de confiança. Tinham todas essas coisas que você não quer admitir para a pessoa com quem você está, porque é assustador. Você não quer assustá-la dizendo: ‘Estou assustado’“, contou.

Justin disse, porém, que sempre se viu como alguém destinado ao casamento. “Eu sentia que esse era meu chamado. Me casar e ter filhos (Não nesse segundo, mas teremos eventualmente), e fazer aquilo tudo“, afirmou. Depois dos momentos difíceis, finalmente veio a bonança. Bieber relatou que ele e Hailey estão “criando esses momentos como casal, como família, e construindo essas memórias“.

É lindo que temos isso para esperar. Antes, eu não tinha isso para esperar na minha vida. Minha vida em casa era instável. Minha vida em casa era inexistente. Eu não tinha uma companheira. Eu não tinha alguém para amar. Eu não tinha ninguém para servir. Mas agora eu tenho isso“, declarou.

Justin relatou que viveu momentos sombrios em sua trajetória, mas não deixa que eles definam seu futuro. “Eu não quero deixar a vergonha do meu passado determinar o que sou capaz de fazer pelas pessoas hoje. Muitas pessoas deixam seu passado pesar sobre elas, e elas nunca fazem o que querem porque pensam que não são boas o suficiente. Mas eu penso assim: ‘Eu fiz um monte de coisa idiota. Está tudo bem. Ainda estou disponível para ajudar. E ainda sou digno de ajuda’”, afirmou ele.

Por ter começado a carreira muito jovem, o cantor consegue entender hoje que, por vezes, ele só queria ter uma vida “normal”. “Eu estava trabalhando tanto quando era criança que eu fiquei muito triste, eu sentia falta dos meus amigos e da normalidade. Então, eu e meu amigo escondemos meu passaporte. A gravadora estava pirando, dizendo: ‘Você tem que fazer o Today Show na próxima semana e não consegue encontrar seu passaporte’. É preciso alguns dias para conseguir um novo“, relembrou Bieber.

Continua depois da Publicidade

Eu iria fazer qualquer coisa para conseguir apenas ser normal naquele momento“, continuou. No final das contas ele confessou que tinha escondido o passaporte. Todos ficaram preocupados e perguntaram se Justin estava bem, mas por fim ele acabou sugado novamente pela indústria. “Eu tinha esse sonho de me tornar a maior estrela do mundo“, contou. Naquela época, ele estava apenas começando a entender o que realizar esse sonho significaria.

Era como se eu tivesse todo esse sucesso e ainda estivesse tipo: ‘Ainda estou triste, ainda estou com dor. E ainda tenho esse problemas mal resolvidos’. Eu pensei que todo esse sucesso fosse fazer tudo ficar bem. E também, para mim, as drogas eram um agente anestésico para conseguir seguir em frente“, afirmou ele.

Perguntado como ele estaria cinco anos atrás, se o mundo entrasse em quarentena, o astro refletiu: “Eu estava cercado por muitas pessoas, e nós todos estávamos meio que escapando da vida real. Eu acho que nós não estávamos vivendo a realidade. Acho que isso provavelmente teria resultado em usar muitas drogas e postar, para ser honesto“.

BBB21: Quem você quer que seja eliminado?

  • Thaís (81%, 147.055 Votes)
  • Arthur (17%, 30.199 Votes)
  • Fiuk (3%, 4.764 Votes)

Total Voters: 182.018

Vote

Carregando ... Carregando ...

Você acorda um dia e… você está infeliz e você tem todo esse sucesso no mundo, mas você está apenas: ‘Bom, de que serve isso se eu ainda estou me sentindo vazio por dentro?’“, relembrou o cantor. Felizmente, depois de trabalhar muito em si mesmo, Justin conseguiu deixar esses dias para trás. Dois pilares foram os principais responsáveis por essa mudança: seu casamento e sua fé.

Seu relacionamento com Deus é um guia importante para sua nova vida. “Meu objetivo não é tentar persuadir ninguém a acreditar no que eu acredito, ou condenar ninguém por não acreditar no que eu acredito. Se isso pode ajudar alguém, ótimo. Se alguém é tipo: ‘Eu não acredito nisso. Eu não acho que isso seja verdade’, de qualquer maneira, essa é a prerrogativa dele”, disse.

É apenas recompensador ser tudo que você foi feito para ser. E eu acredito que, nesse ponto da minha vida, estou exatamente onde eu deveria estar, fazendo o que acredito que Deus quer que eu faça. E não existe nada mais gratificante“, afirmou Justin.