Klara Castanho

Klara Castanho aparece em vídeo pela primeira vez após forte desabafo: “Vivendo um dia após o outro”; assista

A atriz agradeceu o apoio e disse que voltou a trabalhar com o início da produção da segunda temporada de ‘De Volta aos Quinze’

Klara Castanho está de volta às redes sociais. A atriz apareceu pela primeira vez nesta terça-feira (2), após a exposição na mídia de sua gravidez por estupro e da entrega voluntária do bebê para adoção. No vídeo publicado em seu Instagram, a atriz agradeceu as mensagens de apoio e carinho que tem recebido nas últimas semanas.

“Antes de mais nada, eu quero agradecer todo amor, carinho, cuidado e todo acolhimento, que eu recebo e recebi. Eu quero agradecer a cada pessoa que tirou um tempinho para perguntar se eu estava bem, que compartilhou a própria história. Eu quero agradecer a cada um de vocês. Eu estou retomando e retornando um pouco as redes sociais”, iniciou a jovem de 21 anos.

Assets Fotos 34 310765 Hp0vexg
Klara apareceu nas rede sociais para agradecer o apoio que recebeu nas últimas semanas. (Foto: Globo/Paulo Belote)

Klara também confirmou que já voltou a trabalhar, e contou como ela e sua família estão levando a vida atualmente. “Eu estou nesse início de processo da segunda temporada do ‘De Volta aos Quinze’. Eu e minha família, a gente está se recuperando, recuperando a nossa força, a gente está vivendo um dia após o outro”, revelou.

Continua depois da Publicidade

A artista aproveitou para falar sobre Ângela, a sua personagem na segunda temporada da série “Bom Dia, Verônica”, que estreia nesta quarta-feira (3). Na trama, a jovem também é sexualmente violentada. “A Ângela é muito importante para mim e eu espero que vocês a recebam muito bem e eu quero muito saber o que vocês acham. É um trabalho que me orgulho muito e mais uma vez, muito obrigada”, finalizou. Assista ao vídeo completo abaixo:

Entenda o caso

Klara Castanho publicou uma carta aberta aos fãs no último dia 25 de junho, com um forte relato sobre o momento sensível que viveu nos últimos meses. A artista revelou que engravidou após sofrer um estupro, e que realizou a entrega voluntária para adoção desse bebê fruto da agressão – algo previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente. Ela também denunciou como uma enfermeira teria a abordado e ameaçado expor toda essa história para a imprensa, ainda durante a internação. O desabafo veio após Antônia Fontenelle e o e do jornalista Leo Dias publicarem a informação sem o consentimento da jovem.

Continua depois da Publicidade

Na postagem, a atriz deu detalhes de como a violência sexual aconteceu. Ela afirmou que engravidou mesmo tendo tomado a pílula do dia seguinte. Klara também disse que esse era o relato mais difícil da sua vida e que não queria deixar as informações públicas, mas com a exposição do caso, ela decidiu se pronunciar.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Klåra Cåstanho (@klarafgcastanho)

A artista chegou entrar com o processo contra Fontenelle para retirar as declarações feitas pela apresentadora sobre ela do YouTube. No entanto, no dia 18 de julho a juíza Flávia Viveiro de Castro, da 2ª Vara Cível da Barra, negou o pedido com a justificativa de que seria “uma espécie de censura” e que o poder judiciário não poderia fazer isso. A ação agora procede com solicitação de indenização de R$ 100 mil por danos morais.

Siga o Hugo Gloss no Google News e acompanhe nossas notícias!