‘KUWTK’: Kylie Jenner chora ao pedir para Kim Kardashian parar de zoar Jordyn Woods online, e Kris pondera: “É como um divórcio”

O último episódio da 16ª temporada de “Keeping Up With The Kardashians” foi exibido nesse domingo (30) e mostrou os bastidores de toda a repercussão da traição de Tristan Thompson e Jordyn Woods à Khloé Kardashian e Kylie Jenner. O episódio revelou como a baby Jenner sofreu com o fim da amizade com Jordyn e também o impacto que a entrevista da modelo com Jada Pinkett Smith teve na família.

Primeiro, o capítulo mostrou uma conversa de Kris com Kylie. “Pra você, é como um divórcio”, diz para a filha. A mãe de Stormi, então, admite: “Ela provavelmente é a pessoa mais próxima de mim no planeta. Eu só espero que haja uma luz no fim deste túnel que eu apenas não vejo agora.”

Em outro momento, Kylie mostra seus sentimentos pela ex-amiga ao conversar com Kim sobre um post que ela fez no Instagram em que ouvia a letra da música “Who Is She 2 U?”, do Brandy Norwood, como uma indireta aos pivôs da intriga. “Me diga como vocês dois se conhecem tão bem, porque eu quero saber. É melhor vocês começarem a falar”, diz a canção.

Em uma ligação com a irmã, a dona da Kylie Cosmetics diz: “Eu vi o snapchat de vocês cantando e eu acho que, se você quiser ligar pra ela e gritar, ou fazer o que quiser, vamos todos conversar pessoalmente. Mas eu sinto que ficar cantando e postando na internet não é legal.”

Jenner ainda fala sobre ter reencontrado a modelo pela primeira vez após a confusão e fica com a voz embargada de choro: “Jordyn me chamou ontem à noite e disse: ‘Ei, você se importa se eu passar pra pegar algumas coisas em casa?’. Ela veio, pegou as coisas, e o olhar dela mostra que ela está obviamente passando por isso também. Eu não acho que ninguém mereça isso.”

Em outra cena, a família se reúne para discutir a polêmica entrevista que Jordyn deu para o programa de Jada Smith. “Acho que nenhum de nós imaginou que ela fosse fazer uma entrevista. Não importa o que ela disse eu acho que é bizarro”, explica Khloé.

Kim, então, responde: “Ela ia falar em algum momento. Então acho que Jada é a melhor [opção].” “Mas ela não deveria ter falado comigo para pedir desculpas primeiro?”, questiona a mãe de True. “Ela deve ter ficado paralisada. Vocês são algumas das maiores pessoas do mundo”, palpita Scott Disick.

Mais tarde, Khloé e Kim conversam sozinhas e falam sobre os tuítes que a primeira postou logo após a divulgação da entrevista e que viralizaram negativamente para ela. “Eu reagi na emoção e nunca deveria ter tuitado, eu nem ligo pra isso, mas a Jordyn disse na entrevista que não era a razão que nós terminamos e que só estava reiterando. Ela é parte da razão”, reforça a estrela de “Revenge Body”.

Ela completa: “Ela e o Tristan me violaram e, no meio de tudo isso, agora eu estou recebendo ameaças de morte, ameaças à minha filha, as coisas mais loucas. Eu nunca passei por algo assim, onde duas pessoas fazem mal a você e aí as coisas voltam pra você. As pessoas têm que entender que eu ainda sou humana. São as minhas emoções e o que eu estou lidando pessoalmente.” Veja alguns trechos abaixo:

Entenda o caso

O ex-parceiro de Khloé, Tristan Thompson, foi acusado de ter traído a musa em fevereiro, com ninguém menos do que a melhor amiga de sua cunhada Kylie Jenner, Jordyn Woods. Eventualmente, Jordyn foi ao programa “Red Table Talk”, de Jada Pinkett Smith, para contar seu lado do acontecimentos. De acordo com a digital influencer, o jogador de basquete lhe beijou nos lábios, mas nada além disso aconteceu. No mesmo dia que o programa foi ao ar, Khloé lhe chamou de mentirosa, mas voltou atrás e culpou Tristan pela ruína de sua família.

Uma fonte próxima ao clã, revelou à People que a família não quer ter mais nenhum tipo de relação com Jordyn, e ficaram bravos que ela tentou reparar a situação de modo tão público, durante o “Red Table Talk”, ao invés de tentar falar pessoalmente com Khloé.

Jordyn Woods durante o “Red Table Talk”, ao falar do bapho com as Kardashian-Jenner. (Foto: Reprodução/Facebook Watch)

Jordyn, que desde então se mudou da casa de Kylie, onde morava, permaneceu distante das Kardashian-Jenner — incluindo Kylie, com quem conversou poucas vezes. “É uma situação complicada para Kylie. Ninguém está colocando pressão nela. A família está ciente que ela mantém contato com Jordyn. Eles estão deixando ela resolver as coisas por si mesma”. Apesar da dona da Kylie Cosmetics não ter cortado completamente o contato com Jordyn, ela tem buscado fortalecer outras amizades: “Ela tem socializado mais e tentando formar um círculo de amigos maior, pessoas de quem ela possa ser próxima. Após todo o drama com a Jordyn, ela percebeu que se apoiar em apenas uma amiga não é a melhor ideia”.