Sérgio Hondjakoff,

Mãe de Sérgio Hondjakoff fala sobre como filho tem reagido a tratamento após internação

O ator conhecido pelo papel de Cabeção na “Malhação” foi internado no dia 11 de junho após um vídeo polêmico ter viralizado nas redes

Carmen Lucia Hondjakoff, mãe do ator Sérgio Hondjakoff, deu atualizações nesta segunda-feira (27) sobre o tratamento do filho contra dependência química. O intérprete do personagem Cabeção, em “Malhação”, foi internado voluntariamente no dia 11 de junho em uma clínica em Sorocaba, São Paulo. A decisão ocorreu dias depois dele virar assunto na internet com um vídeo no qual estaria em meio a um surto provocado por uma crise de abstinência.

Em entrevista à Quem, Carmen afirmou que está confiante que essa será a última vez que Sérgio precisará receber o tratamento. “Ele está aceitando o tratamento, graças a Deus. E vamos que vamos, com fé que essa vai ser a última internação da vida dele!”, disse. No entanto, ela contou que ainda não é possível definir quanto tempo o ator ficará na clínica. “É muito cedo para fazer previsões. Só para desintoxicar leva uns três meses”, falou.

Carmen comentou que não tem tido muito contato com o filho durante a internação. “Nem quando ele morava em Copacabana [Zona Sul do Rio] eu falava com ele diariamente, só pelo WhatsApp. Tenho oito cachorros que resgatei e adotei das ruas, daqui de Resende. Alguns achei doentes. Cuidar de oito cachorros dá muito trabalho, não me sobra tempo. Mas filhos dão bem mais trabalho e são para a vida inteira…”, afirmou.

Continua depois da Publicidade

Ela ainda acrescentou que quem se comunica com mais frequência com Sérgio é Danielle Monteiro, esposa do ator, com quem ele tem um filho de 1 ano e 11 meses. “A assistente social me informou que, quando eu quiser falar com ele, não tem problema algum. Quem fala com ele sempre é a Dani, a esposa dele”, relatou.

Assets Fotos 427 126576
Sérgio Hondjakoff ficou conhecido ao interpretar o personagem Cabeção, em “Malhação”. (Foto: TV Globo / João Miguel Júnior)

Carmen também aproveitou para novamente agradecer a ajuda do ator Rafael Ilha, que também já precisou ser internado para tratar a dependência química. Ele decidiu ajudar Sérgio depois da repercussão do vídeo. “O anjo Rafael Ilha, que eu nem conhecia pessoalmente, só pela TV, foi o único que propriamente caiu do céu para nos ajudar”, elogiou.

Continua depois da Publicidade

O vídeo polêmico

As imagens surgiram no dia 6 de junho, quando o intérprete de Cabeção fez uma transmissão ao vivo no seu Instagram. Sérgio aparecia bastante alterado no registro, com um bastão em mãos, ameaçando o pai caso este não lhe desse a quantia em dinheiro que ele estava pedindo.

Com a circulação do vídeo na web, os pais de Serginho se manifestaram sobre o caso em áudios para a jornalista Fabíola Reipert. Francisco José de Mendonça e Carmen Lucia Hondjakoff deram detalhes do que vinham presenciando com o filho e revelaram que ele estava assim há dias. “Ela diz que o filho tá em surto há seis dias sem dormir, bebendo e usando drogas. Tá trancado em casa com uma barra de ferro ameaçando quem quiser entrar”, relatou Reipert no “Balanço Geral”.

Continua depois da Publicidade

De acordo com Fabíola, Hondjakoff “colocou móveis atrás da porta pra fazer uma barreira, [a mãe] falou que ele tá quebrando tudo” em sua casa. Os pais do artista ainda expressaram seus receios nesse cenário complicado. “Os pais já são idosos, dizem que estão com medo. A mãe diz que está com medo de infartar – palavras dela, eu escutei ela falando – e com medo, obviamente, do filho ter uma overdose”, completou Reipert. O pai, inclusive, teria deixado o apartamento na época para se hospedar em um hotel.

Carmen também explicou em entrevista à Quem que os familiares decidiram fazer terapia para lidar com a situação, que já acontece há 16 anos. “A dependência química é uma doença sem cura. Ou melhor, a cura seria nunca mais usar drogas. O paciente tem que querer e acreditar nisso e ser devidamente acompanhado. Eu, o pai do Sérgio e a esposa dele também teremos acompanhamento com o terapeuta Sandro Barros, uma vez que, com a situação repetida há anos, ficamos codependentes. O Sandro nos ajudará nessa empreitada”, falou.

Continua depois da Publicidade

Desde o ano passado, quando o ator deixou sua última internação, os familiares teriam confiado nas palavras dele. Na época, o artista disse ter passado a buscar ajuda espiritual para tentar abandonar o vício.