Na pele de personagem gay, Tyler Blackburn, de ‘Pretty Little Liars’ resolve se abrir sobre sexualidade: ‘Ouvi tantas coisas dentro da comunidade LGBT’

Em entrevista ao The Advocate, o ator Tyler Blackburn decidiu se abrir sobre sua verdade última – a sexualidade. “Eu sou ‘queer’. Me reconheço como bissexual desde adolescente“, declarou o astro de 32 anos. Ao longo da carreira, mesmo em destaque com papéis populares, como o Caleb, de “Pretty Little Liars”, Blackburn evitou discutir publicamente o assunto. Atualmente, ele dá vida a um veterano de guerra homossexual no reboot ‘Roswell, New Mexico’. “Eu só quero me sentir poderoso em minha própria pele, em minha própria mente, e em meu próprio coração“, acrescentou.

A jornada de descobrimento da sexualidade de Tyler não foi nada fácil. Na juventude, sofreu bullying por ‘ser aferminado’. “Fui muito intimidado por outros garotos, e senti que minha alma estava sendo lentamente tirada de mim. Eu passava o recreio inteiro na sala e não tinha ninguém com quem conversar“, recordou. “Você forma uma concha ao seu redor para proteção. E você começa a tomar decisões baseadas em coisas fora do que você quer e de quem você é. Parei de fazer muitas das coisas que adorava porque me senti mais seguro. Isso aí é o resultado da opressão. Quando você literalmente tem que silenciar quem você é para se sentir seguro. Isso esmaga a nossa alma“, desabafou o ator.

Tyler e Ashley Benson em cena de “Pretty Little Liars” (Reprodução)

Com o tempo, de acordo com Blackburn, as pressões sobre sua sexualidade passaram a vir de todos os lados, inclusive da comunidade LGBT. “Eu ouvi tantas coisas de dentro da própria comunidade sobre como se a bissexualidade fosse uma desculpa, ou uma bobagem ou uma saída fácil, e isso sempre martelou na minha cabeça porque eu sentia pressão de todos os lados para que chegasse a uma conclusão sobre minha sexualidade“, relatou. Quando estava chegando perto dos 30 anos – e do fim de ‘Pretty Little Liars’ – Tyler enfim resolveu viver sua atração por homens e ‘experimentar o aspecto emocional do que é ser bissexual’“.

O ator ponderou que ainda está aprendendo sobre como lidar com a questão: “Só porque você decide ‘eu sou essa coisa’ não significa que você imediatamente sente que se encaixa nessa coisa. Essa é outra parte da jornada que eu nem sempre sei como navegar, mas estou me sentindo mais corajoso e fortalecido para explorar“. Junto com a declaração pública, veio o alívio. “Estou tão cansado de me importar tanto. Eu só quero viver a minha verdade e me sentir bem em experimentar o amor e sentir amor próprio“, explicou.

E isso é apenas uma parte do que Blackburn realmente quer. “Meu objetivo acima de tudo é me sentir o mais feliz possível. Tão livre quanto possível. Não quero dizer apenas feliz, tipo ‘estou rindo o dia todo, todo dia’. Isso é realmente insano. Isso é impossível. O que eu quero dizer é que eu quero me sentir livre“, concluiu.