Orlando Bloom surpreende fãs ao revelar salário modesto em “Senhor dos Anéis”: “Nada, eu não ganhei nada”

Ícone acessível? O muso Orlando Bloom deve ter tanto dinheiro que um cachêzinho mais “humilde” não lhe incomoda nem um pouco… Durante uma entrevista de rádio para a SiriusXM, nesta quarta (4), Orlando revelou seu salário pelo icônico papel de Legolas, na franquia “Senhor dos Anéis” e chocou os fãs pelo valor modesto!

Quando questionado sobre o assunto pelo apresentador Howard Stern, o ator fez um desabafo. “Nada, eu não ganhei nada. U$175 mil (aproximadamente R$716 mil)… Mas escute, foi o melhor presente da minha vida. Tá brincando? Eu faria tudo de novo pela metade do valor”. Poxa, com esse dinheiro eu resolvia minha vida! Kkkk.

Na sequência, o galã explicou que após o lançamento dos longas, recebeu um dinheirinho a mais. “Eu acho que deram um extra quando os filmes foram lançados… Foi um pequeno bônus, mas foi bom”, lembrou o britânico. Bloom recebeu esse valor total por seus trabalhos em “A Sociedade do Anel” (2001), “As Duas Torres” (2002) e “O Retorno do Rei” (2003). As três produções foram filmadas de uma só vez, entre outubro de 1999 e dezembro do ano 2000, na Nova Zelândia.

Orlando Bloom como Legolas, em “Senhor dos Anéis”. (Foto: Divulgação)

Ainda no bate-papo, Orlando contou que após participar da trilogia de Peter Jackson, percebeu uma valorização e um aumento considerável em seu cachê. Ele passou a ganhar como um astro de Hollywood quando foi escalado para viver o personagem Will Turner nos primeiros filmes da franquia de sucesso “Piratas do Caribe”.

Segundo ele, o segundo filme foi o mais lucrativo e lhe rendeu uma boa quantia. “Eu estava em uma boa posição, eles negociaram muito bem, o suficiente para que eu pudesse comprar algumas casas… era mais ou menos essa quantidade de grana”, declarou o artista de 42 anos. Ai, migo, empresta um din din pra gente!

O projeto mais recente do astro é visto na série da Amazon Prime, “Carnival Row”, que estreou na plataforma no dia 30 de agosto. A história acompanha um mundo de fantasia na época vitoriana, onde criaturas mitológicas passam a viver ao lado de seres humanos, após suas terras natais serem invadidas pelos impérios do homem. Na trama, um detetive humano (Bloom) está investigando uma série de assassinatos cruéis enquanto se relaciona com uma fada refugiada (Cara Delevingne). No elenco, ainda temos David Gyasi, Karla Crome, Indira Varma e Tamzin Merchant.

Mesmo se tratando de um número expressivo para nós, meros mortais, os U$175 mil pagos a Bloom são considerados baixos para os padrões hollywoodianos. O valor chega a ser irrisório quando comparado aos cachês pagos ao protagonistas dos filmes do Universo Marvel, por exemplo.

De acordo com o jornal Daily Mail, Robert Downey Jr., interprete do Homem de Ferro, teria recebido U$75 milhões (aproximadamente R$305 milhões), para viver o herói no filme “Vingadores: Ultimato” (2019). Ainda pelo primeiro “Homem de Ferro”, lançado em 2008, Downey desembolsou U$500 mil (cerca de R$2 milhões). A atriz Scarlett Johansson, por sua vez, teria recebido U$15 milhões (cerca de R$60 milhões) para protagonizar o inédito filme solo da heroína Viúva Negra.

Meu Deus! Que essa árvore de dinheiro cresça no nosso jardim também!