Pai de Britney Spears pede extensão de tutela da cantora em outros três estados dos EUA, diz TMZ

Vixee! A tutela de Britney Spears, que teoricamente deveria funcionar como um recurso judicial que preza pela sua saúde mental e tranquilidade, parece ter virado uma dor de cabeça ainda maior na vida da cantora. Seu pai Jamie Spears, responsável por controlar as finanças e decisões pessoais da princesa do pop, teve suas última decisões vistas com maus olhos e, mesmo assim, tomou mais uma iniciativa polêmica.

Segundo o TMZ, nesta quarta-feira (22), Jamie procurou as autoridades para pedir que a tutela que ele possui sob a filha tenha sua validade estendida para outros três estados dos EUA: Flórida, Louisiana e Havaí. De acordo com os documentos obtidos pelo site, o intuito do pai de Brit é comunicar ao juíz da Califórnia que, baseado nos 11 anos de curadoria dos bens da cantora, ele precisaria fazer essa alteração para prezar pelo bem estar de Spears.

O TMZ explicou que Jamie acredita que existem pessoas controlando e impulsionando o movimento “Free Britney” com o objetivo de enfraquecer seu controle sob a filha e, possivelmente, fazer com que ela viaje para um desses lugares e procure a justiça para fazer alterações na tutela ou tomar outra decisão sobre seus bens e vontades pessoais. A hashtag citada pelo pai de Brit vem ganhando cada vez mais força nas redes sociais, justamente por acusar o tutor da estrela de maus tratos.

De acordo com a apuração do site com fontes próximas a Britney Spears, não existem planos recentes para que ela visite esses três estados, mas, de fato, são locais que ela tem certo apreço e gosta de viajar.

Nos últimos tempos, dois casos chamaram bastante atenção do público e da mídia. O primeiro foi o ressurgimento do ex-empresário de Britney, Sam Lutfi, com quem a cantora tem um passado conturbado. A artista chegou a pedir uma ordem de restrição, proibindo que ele chegasse perto dela ou de qualquer outro integrante de sua família depois de ser acusado de oferecer dinheiro à matriarca Lynne Spears para que ela interferisse na tutela e assumisse os bens da popstar.

View this post on Instagram

I don’t even know where to start with this, because this is so tough for me to say. I will not be performing my new show Domination. I’ve been looking forward to this show and seeing all of you this year, so doing this breaks my heart. However, it’s important to always put your family first… and that’s the decision I had to make. A couple of months ago, my father was hospitalized and almost died. We’re all so grateful that he came out of it alive, but he still has a long road ahead of him. I had to make the difficult decision to put my full focus and energy on my family at this time. I hope you all can understand. More information on ticket refunds is available on britneyspears.com. I appreciate your prayers and support for my family during this time. Thank you, and love you all… always.

A post shared by Britney Spears (@britneyspears) on

O segundo, e mais surpreendente, foi quando a própria estrela procurou um juíz para dizer que foi internada em um hospital psiquiátrico contra sua vontade sob as ordens do pai. No processo, Britney pedia alterações na tutela para que pudesse ter mais autonomia e liberdade.

A mãe da cantora demonstrou preocupação com as decisões tomadas por Jamie Spears e chegou a procurar as autoridades depois que surgiram os boatos da internação forçada, uma vez que a tutela não dá esse poder a ele.

Britney é fotografada em passeio com o namorado Sam Asghari. (Fotos: Splashnews.com)

Nas redes sociais e flagras de paparazzi, nossa diva tem se mostrado bem disposta e saudável. Torcemos que ela esteja realmente bem e que nenhum desses casos interfiram em sua saúde mental.