Revelada causa da morte de Félicité Tomlinson, irmã do ex-integrante do One Direction, Louis Tomlinson

Que notícia triste… O cantor Louis Tomlinson e a família têm passado por momentos muito difíceis após a morte da irmã dele, Félicité. Passados seis meses do trágico incidente, foram divulgados hoje (11), os resultados da autópsia, que apontou o uso de cocaína e analgésicos como a causa da fatalidade.

A jovem faleceu em março, aos 18 anos, em decorrência de um ataque cardíaco. Na época, o TMZ informou que ela desmaiou em seu apartamento em Londres após sofrer a parada de batimentos e que alguém na residência chamou uma ambulância. Os paramédicos, então, tentaram reanimá-la, mas sua morte foi declarada no local.

De acordo com o site da BBC, a jovem teve uma overdose acidental. A juíza Shirley Radcliffe concluiu que Félicité foi vítima de uma “tempestade perfeita”, causada por uso indevido de drogas letais, incluindo cocaína, Xanax e Oxycontin. A combinação “provou ser fatal”, lamentou Radcliffe.

De acordo com o inquérito feito pela West London Coroner’s Court, a modelo apresentava um histórico de “uso recreativo de drogas ao longo dos anos”, mas que esse consumo se tornou mais frequente após a morte de sua mãe Johannah, em 2016, em decorrência de uma severa leucemia.

(Foto: Reprodução/Instagram)

De acordo com o relato da Dra. Radcliffe, Fizzie, como era apelidada, ainda estava respirando às 05h00 da manhã seguinte do uso das drogas. No entanto quando sua amiga acordou mais tarde, por volta do meio-dia, ela “não conseguiu ouvir a respiração” da colega deitada na cama ao lado.

Documentos oficiais obtidos pela BBC News apontam um período de internação “bem sucedido” de Tomlinson em uma clínica de reabilitação, ainda em 2018. Infelizmente, a jovem teve uma recaída no ano seguinte. Em nota, o médico Paul Eulinger alegou que a influenciadora “se recusou a desistir das drogas, mesmo sabendo que poderiam matá-la”.

Ao concluir que a morte da adolescente foi resultado de uma “desventura e toxicidade”, Shirley a descreveu como “uma filha e irmã brilhante e muito querida”, cujo uso de drogas sempre foi um perigo considerável em sua vida. “Ela era uma pessoa que usava drogas deliberadamente e sucumbiu aos seus efeitos acidentalmente”, finalizou.

Em abril, Louis se pronunciou publicamente pela primeira vez após a tragédia. “Apenas queria agradecer a todos por suas amáveis palavras nestas últimas semanas. Estou de volta ao estúdio para cantar algo que escrevi alguns meses atrás. Mandando muito amor para vocês”, escreveu no Twitter.

View this post on Instagram

this is the fourth time I’ve tried to write this. No words will come close to explaining how broken I am, once again. My precious sister. My heart is bleeding. I keep imagining and praying they have the wrong person. Not my sister, my best friend. it was only a few weeks ago that we were sat on the sofa bed at 3am drinking tea, eating French fries and chatting about the future. You told me about all your plans. We were excited. I pushed you away when you tried cuddling me, I thought I would have so many more chances to do that. I would cuddle you a million times over if you were still here, with me. Protecting me from this cruel world. I can still feel your arms wrapping around my waist and your lips kissing my head. I can hear your voice. I want to hold you, keep you safe. Tell you how much you meant to me and how much I adored you. I’m frightened without you. You’ve left me feeling alone. Mama needed you. i hope you are happier up there with her. make sure you don’t forget about us. keep us in your conversations. i have two angels now, watching over me. i can’t wait to make you both so proud of me.

A post shared by DAISY TOMLINSON (@the.daisytomlinson) on

Suas outras irmãs, as gêmeas Phoebe e Daisy, de 14 anos, e Lottie, de 20 anos, já haviam publicado homenagens para Félicité. “Nenhuma palavra chegará perto de explicar o quão devastada eu estou, mais uma vez. Minha irmã preciosa. Meu coração está partido”, admitiu Daisy. E Phoebe confessou: “Você era a minha melhor amiga, irmã, motivadora, e a pessoa que me fazia rir até eu chorar. Eu estou perdida sem você e a ideia de nunca mais vê-la de novo me assusta de um jeito que você não acreditaria”.

“Minha Fizzy, minha irmãzinha bebê, minha melhor amiga. Estou incompleta sem você. Estou vazia. Não consigo imaginar minha vida sem você. Eu queria que nós pudéssemos ter vivido a vida juntas por um pouco mais de tempo”, escreveu Lottie no Instagram.

Recentemente, o ex-One Direction lançou a música “Two of Us”, que traz uma letra em homenagem à sua mãe, que faleceu em 2016: “Estarei vivendo uma vida para os dois de nós. Mesmo quando estiver por conta própria, sei que não estarei sozinho. […] Sei que você estará olhando para baixo, juro que te farei orgulhosa”, canta Louis no refrão.

Que a música conforte Louis neste período difícil de sua vida!