Rose Di Matteo, viúva de Gugu, rompe silêncio e decide fazer linda homenagem ao vivo para o apresentador: ‘Continuem o amando’; Assista

Desde a triste notícia de que Gugu Liberato havia falecido, ainda na semana passada, a médica Rose Miriam di Matteo, companheira do apresentador vinha mantendo sua usual discrição, sem tecer qualquer comentário à imprensa. Na manhã desta sexta-feira (29), porém, a mãe dos três filhos de Gugu, ao final do enterro dele, fez questão de conversar brevemente com os jornalistas presentes para prestar sua homenagem.

Antes de deixar o local, Rose se dirigiu aos microfones posicionados e fez sua primeira e tocante declaração. “Eu só queria falar uma coisa para vocês, se hoje eu sou uma pessoa um pouco melhor, eu devo ao Gugu, aos meus filhos e a Deus. Só isso que eu posso falar. Continuem o amando porque ele era a pessoa mais linda desse mundo, mais generosa, e agora ele vai ficar aqui (aponta para o coração) e no coração dos meus filhos“, resumiu, visivelmente emocionada. Assista:

O corpo de Gugu foi enterrado nesta sexta (29), sob aplausos e muita comoção, no Cemitério Gethsêmani, no bairro Morumbi, em São Paulo. No mesmo local, o pai do apresentador foi sepultado há exatos dez anos. Osmar Alves padre responsável por conduzir ambas as cerimônias também foi o mesmo.

Rose Di Matteo e o primogênito João Augusto se emocionam no sepultamento de Gugu Liberato (Amauri Nehn/Brazil News)

Em conversa com jornalistas, Osmar disse ter se emocionado ao ver a mãe de Gugu, Maria do Céu, de 90 anos, se levantar da cadeira de rodas para abraçar o corpo do apresentador pela última vez. “Foi o momento mais emocionante que já vivi“, reconheceu. “Um homem amável, bom pai, bom filho… Pedi aos seus filhos para que honrem a memória dele e que cuidem da mãe“, comentou.

Dona Maria do Céu na chegada do Cemitério Gethsêmani nesta sexta (Amauri Nehn/Brazil News)

A cerimônia – aberta ao público – contou com presença de fãs, amigos e familiares de Gugu. O corpo do apresentador chegou ao local após ter sido velado por quase 21 horas na Assembleia Legislativa de São Paulo. Durante o velório, Rose di Matteo se emocionou e lamentou o trágico acidente que tirou a vida do comunicador.

Por que você foi para lá (Orlando, EUA)? O que você tinha que fazer lá? Estava tudo certo para a gente voltar (para o Brasil), estava tudo bem“, disse ao vê-lo no caixão. Antes da declaração de Rose aos jornalistas nesta sexta (29), os filhos de Gugu já haviam feito homenagens para ele, através das redes sociais.

“Meu pai foi uma pessoa abençoada, era meu herói e inspirador. Ele tinha um coração muito puro, ajudava pessoas e sempre fazia questão de manter a família unida. Tenho certeza que ele estará sempre conosco e em nossos corações. Agradeço por todas orações e suporte. Descanse em paz nos braços de Deus papai, te amo infinitamente”, escreveu o primogênito João Augusto, de 18 anos.

“Pai, meu parceiro meu melhor amigo, partiu deixando um vazio no meu coração, mas uma luz no meu caminho. Muito obrigada por ser esse homem incrível que me proporcionou momentos inesquecíveis e oportunidades que mudaram minha vida. Acredito que aí de cima você estará orando e cuidando de mim. Sou muito grata pela pessoa que você era e sempre será. Te amo eternamente”, publicou Sofia, de 15.

A irmã gêmea dela, Marina, também compartilhou uma foto ao lado do apresentador para deixar seu tributo. “Pai, meu amor por você é eterno e só tenho que agradecer por todos os momentos de felicidade e por estar ao meu lado sempre, muito obrigada por ser esse pai que me enche e sempre encheu de orgulho. Hoje o céu ganhou a estrela mais brilhante e acredito que aí de cima junto com o vovô está nos guiando e iluminando nosso caminho como sempre. Sou eternamente grata por você. Te amo“, declarou na legenda.

Gugu teve sua morte confirmada, aos 60 anos, no dia 22 de novembro, após passar dois dias hospitalizado numa UTI. O apresentador sofreu um acidente doméstico, caindo de uma altura de quatro metros, quando fazia o conserto do ar-condicionado no sótão da casa da família em Orlando, nos Estados Unidos. Levado às pressas para o Orlando Health, Gugu deu entrada no local com um quadro de sangramento intracraniano.

Em virtude da gravidade da lesão neurológica, o apresentador não pôde ser submetido a nenhum procedimento cirúrgico. Como parte dos protocolos norte-americanos para esse tipo de caso, Liberato teve de ficar sob observação durante 48 horas, período no qual se constatou a ausência de atividade cerebral. “A morte encefálica foi confirmada pelo Prof. Dr. Guilherme Lepski, neurocirurgião brasileiro chamado pela família, que após ver as imagens dos exames em detalhes, confirmou a irreversibilidade do quadro clínico diante de sua mãe Maria do Céu, dos irmãos Amandio Augusto e Aparecida Liberato, e da mãe de seus filhos, Rose Miriam Di Matteo”, detalhou o comunicado oficial assinado pela família.

Na ocasião, a família autorizou a doação de todos os órgãos, atendendo a uma vontade do próprio apresentador. A cirurgia de retirada foi realizada com êxito na madrugada de domingo (24). Com o gesto, Gugu teria beneficiado cerca de 50 pessoas.