Fotojet (6)

Sthefany Brito cita Virgínia Fonseca em desabafo sobre o corpo pós-parto: “Pressão cruel”; Influenciadora também se manifesta

Na noite dessa quinta-feira (29), Sthefany Brito usou as redes sociais para falar sobre a pressão estética que muitas mulheres sofrem após o parto. A atriz usou como exemplo Virgínia Fonseca, que dois meses depois do nascimento de Maria Alice, já está com a barriga “chapada” – caso bastante diferente da maioria das mulheres. Vale lembrar que a influenciadora, pouco antes de descobrir a gravidez, passou por uma lipoaspiração.

“Mesmo não conhecendo a Virgínia, não acredito que tenha a real noção da dificuldade e da realidade de 99% das mulheres num pós-parto. E falo por experiência própria. Eu sempre tive certeza que voltaria para o meu peso de antes da gestação rapidinho e fiquei paranoica quando vi que a minha realidade não era essa. Sempre pensava: ‘mas fulana emagreceu tão rápido’, ‘mas ela tem o mesmo biotipo que eu e o corpo dela já voltou’. E aí vem o grande problema: ‘Eu devo estar fazendo algo de errado'”, começou Brito.

“Depois de muito tempo, descobri o que estava fazendo de errado. Estava querendo que um corpo que levou 9 meses gerando uma vida, crescendo e cedendo espaço para a coisinha mais importante desse universo, de repente voltasse para a estaca zero e fosse base para a minha autoestima. Antes disso, eu evitava me olhar no espelho, minha barriga então, coitada, [usava] calcinhas super apertadas (…) Mas depois de muito tempo, aprendi a ter empatia por mim, pelo meu corpo”, continuou.

Continua depois da Publicidade

Ainda no desabafo, Sthefany pontuou que é importante que as mães de primeira viagem não comparem suas próprias jornadas com as de outras mulheres. “A pegadinha da vida, e isso é gritante na maternidade, é a comparação! O julgamento da internet é gigante (e cruel na maioria das vezes). Se está acima do peso: ‘Nossa, mas parece que ainda tá grávida’. Se está muito magra: ‘Nossa, vai sumir’. Cada um lida com a sua realidade… O orgulho da barriga chapada em tão pouco tempo é resultado da pressão horrorosa e cruel que nós mulheres carregamos a vida inteira”, desabafou.

Por fim, a artista falou sobre a importância do amor próprio. “Que tenhamos mais empatia com nossos corpos tão poderosos e resilientes e entendamos que a comparação é perigosa demais. Se a Virgínia, a filha da fulana e ciclana estão com a barriga chapada pós-parto, tudo bem! Com lipo, sem lipo, tá tudo certo. O que nós que não estamos com a barriga chapada temos que entender é que… também tá tudo bem. É normal!”, encerrou. Confira as postagens:

A atriz ainda aproveitou para publicar uma foto antiga da reta final da gravidez de Enrico. “TBT da minha barriga que foi tão amada e exibida e depois virou motivo de ‘vergonha’ e tanta comparação… Empatia pelos nossos corpos e pela realidade de cada uma…”, escreveu ela, na legenda.

Virgínia se manifesta

A mãe de Maria Alice, por sua vez, se manifestou sobre o caso de forma discreta. Nos stories do Instagram, Virgínia compartilhou uma postagem feita por um fã-clube que a defendia de ataques, ao resgatar um vídeo do YouTube no qual a influenciadora avisa o motivo de não exibir tanto o corpo após a gravidez. “É o seguinte: eu não quero ninguém, nenhuma mamãe que acabou de ter o neném, ou nenhuma mamãe que já tem meses que tem o neném se compare com o meu corpo. Tem muitas pessoas querendo ver meu corpo, mas eu não quero que sirva de comparação, porque, gente, eu já fiz lipo, eu já fiz lipo LAD…”, dizia ela.

No texto que serve de legenda da postagem, o fã-clube “Loveforvirginiaf” escreveu: “Como muita gente só posta aquilo que convém, eu faço questão de mostrar essa realidade aqui. Realidade em que a própria Virgínia pede para ninguém se comparar com o corpo dela. Então, antes de você vir falar sobre o que não sabe, procure saber o que de fato a Virgínia fala/pede”. Confira: