De suborno com biscoitos a “não me toques”: Equipe de maquiagem de “Coringa” alfineta Joaquin Phoenix e revela perrengues com ator

Não dá pra negar que Joaquin Phoenix entregou um Coringa sem igual no filme de 2019 – a temporada de premiações está aí pra provar. Entretanto, de acordo com a equipe de maquiagem e cabelo da produção, ele teria se mostrado uma pessoa bem complicada de se lidar nos bastidores.

De acordo com o site “Next Best Picture”, em uma apresentação para os membros do Oscar, a equipe responsável pela aparência do ator no filme fez questão de ressaltar que sua função foi feita apesar da “dificuldade em se trabalhar com Phoenix”.

Os problemas deles surgiram logo no começo, quando Joaquin insistiu que queria fazer seu próprio cabelo e maquiagem. Segundo o time, eles tiveram que fazer um acordo para o inquieto ator ceder em seu desejo e o subornavam com bolachas de água e sal (um dos poucos alimentos que ele podia comer por conta da dieta) para que ele ficasse parado durante o processo.

Joaquin Phoenix foi reconhecido como “Melhor Ator em Filme de Drama” no Globo de Ouro este ano (Foto: Getty)

A equipe ainda relatou que Phoenix detestava ser tocado frequentemente e, por ter perdido cerca de 22,5 quilos para o papel, sempre reclamava de estar com fome. Como consequência, ele levantava e ia embora no meio dos trabalhos para tingir o cabelo e desaparecia no set entre tomadas.

Durante a apresentação, os profissionais relataram que os sumiços prejudicavam muito o processo de manter a continuidade das tomadas, uma vez que era preciso fazer retoques frequentemente e o ator não estava lá. Segundo eles, a situação ficou tão complicada que a pessoa responsável pelos retoques acabou se demitindo.

Pelo menos o resultado final foi impecável, né? (Foto: Divulgação/Warner Bros)

Segundo o “NPB”, a narrativa do difícil ator se conectou com a audiência presente e muitas perguntas foram feitas sobre isso como resultado. No entanto, o site não detalhou os questionamentos, nem as respostas.

Os relatos da equipe de maquiagem e cabelo vêm ao encontro de um vídeo exibido em outubro no programa “Jimmy Kimmel Live” no qual Joaquin aparece resmungando e xingando muito um membro da produção nos bastidores de uma cena de “Coringa”.

“Às vezes, filmes ficam muito intensos, porque você está num lugar pequeno com muitas pessoas, e você está tentando encontrar algo, então isso pode ser intenso… Mas, hmm, isso deveria ser privado. Estou um pouco envergonhado e peço desculpas por isso”, justificou ele na época, pedindo perdão. Assista abaixo: