Fotojet (12)

Companhia aérea confirma mortes após queda de avião na China; vídeo mostra momento do acidente

Avião que transportava 132 pessoas caiu na China durante a madrugada e deixou vítimas fatais

Nesta madrugada (21), um avião de modelo Boeing 737-800 da China Eastern Airlines caiu no sudoeste da China, deixando vítimas fatais, segundo informações da própria companhia aérea. À bordo, estavam 132 pessoas, sendo 9 tripulantes e 123 passageiros. Não se sabe quantas dessas, entretanto, perderam a vida.

“A empresa expressa suas profundas condolências pelos passageiros e tripulantes que morreram na queda do avião”, disse o grupo, em nota enviada à Bolsa de Valores de Xangai, sem especificar o número de mortos.

Continua depois da Publicidade

De acordo com a Autoridade de Aviação Civil da China, o Boeing viajava entre Kunming e Guangzhou, mas ao passar perto de Wuzhou, na região de Guangxi, perdeu contato com os radares e pouco depois, entrou em queda. O site de rastreio FlightRadar24 mostrou que o voo MU5735 despencou de 29,1 mil para 3,225 mil pés em apenas três minutos, antes das informações desaparecerem.

Vídeos gravados por câmeras de segurança mostram o momento exato do acidente, com o avião caindo de bico em direção a uma área montanhosa, com fogo e fumaça aparecendo poucos segundos depois. À imprensa chinesa, uma testemunha declarou que a aeronave “se partiu completamente” e que as chamas provocadas pela queda destruíram áreas florestais. Destroços do jato também foram encontrados em trechos próximos ao local. Assista:

O presidente da China, Xi Jinping, disse estar “chocado” com o acidente e pediu “todos os esforços” para identificar as causas “o quanto antes“. A cidade de Wuzhou enviou 117 bombeiros com 23 caminhões para o local. Outros 538 bombeiros da região também foram deslocados e as operações seguem em curso. Autoridades irão investigar as causas da tragédia, ainda incertas.