187374157 307114784257253 694084960846359483 N

Influencer dá golpe em governo dos EUA para levar vida de luxo no Instagram, e pode pegar 20 anos de prisão; entenda!

Inacreditável! A influenciadora digital norte-americana Danielle Miller, de 31 anos, foi presa após enganar o governo federal do país, usando dinheiro destinado para dar assistência à pequenas empresas durante a pandemia. De acordo com as autoridades, a moça, que nasceu em Miami, utilizou os documentos de uma mulher residente em Massachusetts para pegar o empréstimo concedido pelos Estados Unidos e gastar tudo em mimos luxuosos.

Danielle acessou os dados da vítima por meio do sistema de RMV (Registro de Veículos a Motor), criou uma conta bancária e se candidatou ao programa assistencial do governo. O objetivo da iniciativa federal é dar auxílio para os pequenos empresários que foram duramente afetados pela pandemia da Covid-19. Não bastasse cometer o crime de fraude eletrônica, Miller fez questão de registrar tudo em seu perfil oficial no Instagram, que virou um arquivo de provas para a Justiça norte-americana.

Para se ter uma ideia, em agosto de 2020, mais de US$ 102 mil foram depositados na conta bancária de Danielle, cerca de R$ 537 mil, considerando a cotação atual do dólar. A influenciadora fretou viagens particulares, fez várias transações financeiras, hospedou-se em hotéis de luxo, além de compartilhar looks grifados. Em setembro do ano passado, a jovem gastou US$ 5,5 mil (mais de R$ 28 mil) somente no hotel Petit Ermitage.

183731488 242433597658264 1965822803567281616 N
Danielle ostentava rotina luxuosa no Instagram com mais de 34,5 mil seguidores. Foto: REprodução/Instagram

Quase todos os locais que foram marcados na localização dos posts da influenciadora digital receberam pagamentos da conta fraudulenta. E Miller não tinha intenção de parar… Segundo os promotores, ela solicitou um novo empréstimo no valor de US$ 900 mil (R$ 4,7 milhões) com documentos de outras pessoas, todas do estado de Massachusetts.

Continua depois da Publicidade

Se condenada, Danielle Miller pode pegar 20 anos de prisão, até três anos de liberdade supervisionada e pagar uma multa de até US$ 25o mil (R$ 1,3 milhão). A influenciadora comparecerá ao Tribunal Distrital dos Estados Unidos em Miami na quarta-feira (19), e fará uma primeira aparição no Tribunal Distrital dos Estados Unidos em Boston em uma data que ainda será marcada.