Ariana Grande cai no choro, de novo, em show e faz desabafo para explicar o que tem vivido: ‘Não vou desistir do que comecei’

A gente só queria colocar Ariana Grande em um potinho e dar muito amor a ela! Nesse final de semana, a cantora mostrou que ainda não está 100% recuperada de todos os eventos que aconteceram ano passado, incluindo a morte de seu ex-namorado, Mac Miller, após uma overdose acidental.

Ari chorou pela segunda vez no meio de um show da turnê e, após seus fãs ficarem muito preocupados, resolveu fazer um desabafo no Twitter sobre como é grata a tudo o que está vivendo e disse que não pretende desistir do trabalho. A cantora, entretanto, deletou a mensagem logo em seguida.

“A turnê é uma loucura. A vida é uma loucura. Eu sou muito grata pelo mar de amor que eu tenho ao meu redor todos os dias e pelas pessoas que vêm a esses shows e nos dão cada pedaço de energia que têm”, começou ela.

Ari, então listou todas as pessoas e coisas pelas quais agradece: “Sou grata por trabalhar com os melhores músicos e dançarinos do mundo. Sou grata pela minha voz e pelo meu time. Sou grata por essa música. Sou grata pelo motorista do ônibus da turnê, Kurt, que comprou picles pra mim ontem porque ele viu que tinha acabado. Sou grata pela oportunidade de cantar para milhares de pessoas todas as noites. É um sonho que virou realidade.”

Logo depois, a diva falou sobre o desafio de conciliar a vida pessoal e que isso não a impedirá de continuar a turnê. “Não importa o quão difícil fique ou quantos sentimentos venham à tona que estão gritando dentro de mim para serem processados e entendidos durante um dia, eu estou rodeada de gratidão e prometo não desistir no que eu comecei”, reforçou a voz de “Thank u, next”.

Ela continuou: “Eu sinto tudo muito intensamente e me comprometi a fazer essa turnê durante um período na minha vida onde eu ainda estou processando muita coisa… então às vezes eu choro muito!”

Ari aproveitou para mostrar todo o seu amor pelos fãs. “Eu agradeço vocês por aceitarem minha humanidade. Ainda não tenho certeza do que eu fiz para merecer conhecer tantas almas amorosas todas as noites e sentir tanto amor, mas eu quero que vocês saibam que isso realmente me carrega. Eu sinto e valorizo isso. Também valorizo muito vocês”, confessou a musa.

Por fim, a cantora explicou que resolveu postar esse relato para inspirar outras pessoas. “Estou compartilhando isso porque sou grata e porque eu queria que vocês soubessem que, se também estão magoados, vocês podem passar por isso e não estão sozinhos. É difícil equilibrar o cuidado das pessoas ao seu redor, o seu trabalho e processar/cuidar de você ao mesmo tempo… mas eu quero que vocês saibam que vocês não estão sozinhos e eu acho que vocês estão indo muito bem. Amo vocês”, finalizou ela.

No dia 6 de julho, em um show em St Louis, Ari não conseguiu cantar vários trechos de “R.E.M.” porque não parava de chorar. Tadinha! Assista:

https://www.youtube.com/watch?v=yX5E3WBrd4U

No meio de junho, ela já havia passado por algo parecido, durante sua apresentação em Pittsburgh, cidade natal de Mac Miller. A cantora nem conseguiu terminar de cantar a intro “raindrops (an angel cried)”, canção que é associada ao fim do seu relacionamento com o rapper. A letra da música já diz por si só: “Quando gotas de chuva caíram do céu, no dia que você me deixou, era um anjo chorando”. 

Mais tarde, no mesmo show, ela também teve dificuldades para cantar “Thank u, next”. Dá pra notar a voz embargada da cantora logo no começo da música e ela nem consegue dizer o nome do ex-namorado ao cantar: “Wish I could say thank you to Malcolm, ‘cause he was an angel” (“Gostaria de poder agradecer ao Malcolm, porque ele era um anjo”, em português).

A Sweetener World Tour ainda tem shows até o dia 21 de dezembro na Europa e nos Estados Unidos. Tomara que Ari continue forte para terminar a turnê!