Canais do YouTube de Justin Bieber, Ariana Grande, Taylor Swift e Harry Styles são hackeados e publicam vídeo suspeito de condenado espanhol

Invasão aconteceu nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (5)

O que rolou aqui?! Nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (5), fãs se surpreenderam com notificações um tanto estranhas de seus artistas favoritos – isso porque os perfis oficiais de grandes nomes da música “publicaram” vídeos suspeitos em seus canais do YouTube.

A movimentação estranha ganhou força quando o efeito dominó atingiu artistas com fandoms expressivos, como Justin Bieber, Harry Styles, The Weeknd, as divas Ariana Grande e Taylor Swift e os rappers Eminem, Drake e Travis Scott. Os astros J Balvin, Michael Jackson, Juice WRLD, Trippie Redd e Daddy Yankee também foram afetados.

O hacker fez questão de expor sua ‘identidade’. Nos títulos das publicações, ele divulgou seu perfil no Twitter: @lospelaosbro. A conta compartilhou clipes com menções à Paco Sanz, um criminoso espanhol já preso, acusado de fraudar milhares de pessoas e lucrar fingindo ter uma doença terminal entre 2010 e 2017.

Francisco José Sanz, conhecido como Paco Sanz, é um segurança de Valência de 51 anos que disse ter sido “diagnosticado” com Síndrome de Cowden em 2009, uma doença caracterizada pelo aparecimento de tumores benignos, mas sem risco de morte. Meses depois, ele apareceu em um programa de TV espanhol, afirmando que não tinha ajuda do sistema público de saúde para o tratamento. Francisco chegou a abrir uma página na web para detalhar a batalha contra a doença e fundou a ONG “Paco Sanz Association for Cowden Syndrome Research” para financiar um suposto tratamento nos Estados Unidos.

Desde então, ele “arrecadou” mais de €350 mil (cerca de R$1.7 milhão) de figuras públicas como Santiago Segura, Dani Mateo, José Mota ou Carlos Herrera. Em 2017, ele foi preso junto com seus pais e sua ex-companheira, Lucía Carmona, proprietária de uma das contas bancárias. A maior parte do dinheiro obtido foi supostamente gasto em viagens e carros de luxo, entre outras coisas, segundo o El Mundo.

Continua depois da Publicidade

Em um dos conteúdos publicados nesta quarta (5), o golpista aparece segurando uma guitarra e cantando. O título, “Justin Bieber – Free Paco Sanz (ft. Will Smith, Chris Rock, Skinny flex & Los Pelaos)”, pede a liberdade de Paco e faz menção à polêmica entre Will Smith e Chris Rock no Oscar, como estratégia para aumentar o número de cliques e alcance do vídeo.

O mesmo vídeo de Paco Sanz foi divulgado no canal oficial de vários artistas. (Foto: Reprodução/Twitter)

Continua depois da Publicidade

No Twitter, fãs reuniram evidências do hacker e listaram todos os vídeos que foram divulgados por ele. Antes de ter sua conta desativada na plataforma do passarinho, @lospelaosbro pediu sugestões aos seus seguidores sobre quem deveria ser o próximo famoso hackeado.

Após algumas horas, o Google conseguiu deter os ataques. O YouTube retomou o controle das contas atingidas e deletou todo o conteúdo suspeito.