Emocionante! Demi Lovato pede socorro em “Anyone”, música que escreveu quatro dias antes de sua overdose; Escute e veja a tradução

Depois de dois anos afastada dos holofotes e sem lançar projetos, Demi Lovato fez um retorno triunfal ontem (26), no palco do Grammy 2020. Às lágrimas, a cantora pop apresentou sua nova música, “Anyone”, para uma plateia lotada de estrelas do mundo do entretenimento. Minutos antes, o single foi disponibilizado nas plataformas digitais.

A composição foi escrita pela própria artista, quatro dias antes de sofrer uma séria overdose em julho de 2018. Desde então, Demi se afastou dos compromissos profissionais para cuidar da saúde e prometeu que a próxima vez que a ouviríamos, seria cantando. E promessa é dívida, né?!

Intitulada “Anyone”, a letra da música é um pedido de socorro e reflete o estado mental da cantora durante o mais difícil período de sua vida. “Alguém, por favor me mande alguém. Senhor, tem alguém? Eu preciso de alguém. Eu costumava desejar a atenção do mundo, acho que chorei vezes demais. Eu só preciso de mais carinho. Qualquer coisa para me fazer continuar”, desabafa ela em parte da canção. Mais uma vez, Lovato passou uma mensagem muito forte para o mundo.

Escute a canção e confira a tradução da letra abaixo:

Anyone

Eu tentei falar com meu piano
Eu tentei falar com meu violão
Conversei com minha imaginação
Confiada ao álcool
Eu tentei e tentei e tentei um pouco mais
Contei segredos até minha voz estar dolorida
Cansada de conversas vazias
Porque ninguém mais me ouve

Cem milhões de histórias
E cem milhões de músicas
Eu me sinto idiota quando canto
Ninguém está me ouvindo
Ninguém está escutando
Eu falei com estrelas cadentes
Mas elas sempre entendem errado
Eu me sinto idiota quando rezo
Então, por que estou rezando de qualquer maneira?
Se ninguém está ouvindo

Alguém, por favor me mande alguém
Senhor, tem alguém?
Eu preciso de alguém
Alguém, por favor me mande alguém
Senhor, tem alguém?
Eu preciso de alguém

Eu costumava desejar a atenção do mundo
Acho que chorei vezes demais
Eu só preciso de mais carinho
Qualquer coisa para me fazer continuar

Cem milhões de histórias
E cem milhões de músicas
Eu me sinto idiota quando canto
Ninguém está me ouvindo
Ninguém está escutando
Eu falei com estrelas cadentes
Mas eles sempre entendem errado
Eu me sinto idiota quando rezo
Por que diabos eu estou rezando de qualquer maneira?
Se ninguém está ouvindo

Alguém, por favor me mande alguém
Senhor, tem alguém?
Eu preciso de alguém
Alguém, por favor me mande alguém
Senhor, tem alguém?
Eu preciso de alguém
Oh, alguém, eu preciso de alguém
Oh, alguém, eu preciso de alguém

Cem milhões de histórias
E cem milhões de músicas
Eu me sinto idiota quando canto
Ninguém está me ouvindo
Ninguém está escutando

Emocionante, né?! Assim como sua apresentação durante a cerimônia do Grammy, que foi uma das mais esperadas e comentadas da noite. “Demi compôs essa música no verão passado quatro dias antes de um incidente que quase tirou sua vida”, contou a diretora Greta Gerwig, que introduziu a performance.

Além disso, a ocasião marcou a validação de um voto que a popstar fez consigo mesma, ainda internada. Lovato prometeu que, caso conseguisse sair daquela situação e tivesse a chance de se apresentar novamente, essa seria a primeira música que cantaria em um grande evento.

Ao subir no palco, Demi estava claramente emocionada. Assim que a artista cantou as primeiras palavras, escutamos sua voz trêmula e logo a vimos com lágrimas nos olhos. Em seguida, ela tomou alguns segundos para se acalmar e recomeçou a performance. Daí pra frente, a morena soltou o vozeirão que todos nós conhecemos muito bem, e terminou ovacionada! Merecidíssimo! Assista: