Música

Luan Santana insistiu para alterar verso de ‘Juntos’, e Paula Fernandes esperou por ligação: os bastidores da versão de ‘Shallow’ até a polêmica em DVD

Pedro Hosken - Publicado em 11/06/2019 às 20:57
Compartilhe: Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Pinterest Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no E-mail

“Juntos” – versão brasileira da dramática “Shallow”, de Lady Gaga e Bradley Cooper experimentou um pouco de drama também nos seus bastidores. Após ser repercutida à exaustão nas redes sociais, a parceria de Paula Fernandes e Luan Santana ganhou um novo capítulo nas últimas horas, quando a sertaneja publicou um vídeo, em tom choroso, no Instagram, dizendo que o cantor não participaria mais do DVD dela, “Origens”, a ser gravado na quarta (12).

“Eu estou com o coração partido sim, eu estava na expectativa, muito feliz com a participação dele”, declarou Paula no registro feito nesta segunda-feira (10). De acordo com a equipe de Luan, no entanto, a Universal, gravadora de Paula já saberia que ele não poderia participar do projeto há quase três semanas. A Som Livre – gravadora da voz de “Sofazinho” – decidiu que não seria interessante para o artista, alegando como um dos motivos, a necessidade de Luan de se concentrar integralmente em seu próprio DVD. O músico, inclusive, teria segundo sua assessoria, marcado uma rara folga para esta semana já há mais de um mês.

O time de Fernandes, por sua vez, explicou que havia um acordo formal entre as gravadoras para que o registro ao vivo do dueto acontecesse: “No dia 9 de maio, a Som Livre e o empresário do artista formalizaram a participação de Luan na gravação do DVD“. Em 3 de junho, porém, a gravadora da Globo informou aos empresários de Paula que o cantor não conseguiria participar. Ainda assim, no dia seguinte, a sertaneja anunciou durante as gravações do “Altas Horas” que Luan estaria sim em seu DVD. Ao tomar conhecimento da informação, a equipe de Santana entrou em contato com a produção do programa, pedindo que o trecho fosse cortado da edição final, a ser exibida no sábado (8), e assim foi feito.

De acordo com a assessoria de Paula, ela ainda esperava reverter a decisão do músico, daí sua declaração na atração de Serginho Groisman. A equipe da mineira acrescentou que a Som Livre teria prometido que Luan ligaria diretamente para Fernandes para falar da impossibilidade. “Essa ligação era aguardada por Paula para – de artista para artista – tentar demovê-lo da ideia“, justificou. No domingo (9), durante um show em Votorantim, o sertanejo confirmou – o que todos os envolvidos já sabiam: “Ela irá gravar o DVD e infelizmente não poderei estar“.

O hugogloss.com apurou que divergências criativas também fizeram parte do imbróglio entre os dois artistas. De acordo com a equipe de Luan, antes mesmo da música ser lançada, e acompanhada de uma forte repercussão, ele havia alertado Paula sobre o verso “juntos e shallow now”.

Por pelo menos quatro vezes, Luan teria dito não gostar da mistura entre os idiomas e achar o resultado um tanto quanto estranho. Na época, Paula argumentou que teria “licença poética” e que a própria Lady Gaga já havia aprovado a versão. O músico então gravou sua parte e enviou para a gravadora da mineira. No dia 15 do mês passado, o hugogloss.com finalmente mostrou ao público em primeira mão, como havia ficado o refrão da releitura da canção vencedora do Oscar. Imediatamente, o resultado virou meme nas redes sociais, o que fez Luan reforçar seu pedido à Fernandes.

De acordo com a assessoria do cantor, ele então pediu pela última vez para Paula alterar a letra, e ela se recusou. A equipe da voz de “Pássaro de Fogo” rebateu: “Eles se falaram uma única vez sobre isso. Não havia a possibilidade de alteração. Qualquer artista que aprove uma versão com seu autor original precisa cumprir o aprovado, ainda mais vindo de uma artista ganhadora do Oscar como a Lady Gaga“. Em 19 de maio, Luan gravou em Salvador, “VIVA”, o sexto DVD de sua carreira. Já Fernandes se prepara para subir ao palco em Sete Lagoas (MG) nesta quarta (12) para registrar o seu próprio projeto. Como solução para o dueto de “Juntos”, ela convocou seus fãs: “Topam ser meu Bradley Cooper?“.

Na noite de ontem (10), o sertanejo Marcos, da dupla com Belutti contou no Instagram que também passou por uma história parecida com Luan Santana e que no final tudo acabou dando certo. “Deus sabe de todas as coisas. Paula, Deus tem um plano muito maior pra você”, comentou ele, acrescentando não se tratar de um ataque a Luan. “O Luan ajuda muita gente, grava com muita gente o tempo todo, e é um cara que tem muitos pedidos de participação especial, porque ele é um dos maiores artistas do Brasil, todo mundo quer gravar com Luan Santana. E nós somos amigos dele, ele é um cara maravilhoso”, finalizou. Confira aqui essa história.

Atualização, às 22:55

Ao hugogloss.com, a Som Livre ressaltou ter recomendado Luan a não participar do DVD de Paula, diante da repercussão negativa gerada pela canção. “A Paula fez o convite ao Luan, a gente achou que aquilo podia ser um projeto interessante e concluiu que ele deveria fazer aquela gravação inicial. Havia uma promessa de que a música iria tocar bastante em rádio, que haveria um trabalho forte de execução dessa música. Depois, com toda a repercussão negativa nas redes, o próprio trabalho que se esperava ser feito com a música não pôde ser concluído“, relatou Marcelo Soares, presidente da gravadora, em conversa por telefone.

Após uma reunião entre a gravadora e os empresários do cantor, ficou acertada, a saída de Luan do projeto “Origens”, de Fernandes. “Me pareceu naquele momento, que a história da música já havia acabado. Não fazia sentido mais. Recomendamos ao Luan que não fizesse o DVD, que no momento em que ele está agora, isso seria insistir numa coisa que claramente já havia dado errado. A gente preferiu tomar essa decisão dessa maneira, isso com todo o respeito e com toda simpatia que temos pela Paula. Foi uma decisão de comum acordo, nós conversamos com os empresários e com o Luan, e ele entendeu e seguiu a orientação que a gente passou pra ele“, finalizou Marcelo.