TV / Séries

BBB 19: Gabriela quer se juntar a Rodrigo e tomar medida contra intolerância religiosa dentro do reality show: “Me chocou”

Raquel Rodrigues - Publicado em 08/04/2019 às 12:37
Compartilhe: Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Pinterest Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no E-mail

Após ter sido eliminada do “Big Brother Brasil 19”, Gabriela compareceu ao “Mais Você” nesta segunda-feira (8) para fazer a tradicional entrevista com Ana Maria Braga durante o café da manhã. No programa, a cantora e percussionista falou sobre se unir ao também ex-participante Rodrigo para tomar medidas no caso de intolerância religiosa dentro do reality show em que Paula é investigada pela Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi). Além disso, Gabi comentou seus momentos dentro da casa, da dificuldade de ter uma auto-estima elevada e sobre sua família.

Vi uns vídeos bem polêmicos nessa madrugada, que eu vou fazer algumas coisas (a respeito). Principalmente, sobre intolerância religiosa, porque eu acho que respeitei tudo lá dentro, Ana. E me chocou um pouco. Então, vou conversar com o Rodrigo e daqui pra frente são outras coisas”, declarou Gabriela. E acrescentou sobre seus planos futuros: “Tirando isso, eu quero cantar. Preciso estar no palco de novo. Estou morrendo de saudade de cantar. Quero uma banda do meu lado que entenda.

Gabriela no “Mais Você” após eliminação do “BBB 19” (Foto: Reprodução/TV Globo)

Como nós contamos aqui, Rodrigo depôs contra Paula na última semana após ver os vídeos com declarações da mineira, que incluem comentários considerados preconceituosos. A loira declarou no reality que tinha medo de Rodrigo por ele ter contato “com esse negócio de Oxum”, além de disparar que “nosso Deus é maior”.

Em sua participação no “Mais Você”, Rodrigo falou sobre a forma equivocada sobre como estavam vendo a sua religião. “Mas, mais uma vez se coloca o candomblé como algo maligno, perverso, sem o cuidado de se perguntar sobre o que se fala. Não é só desconhecimento, é maldade mesmo. Não é só por mim, é por todo um povo, uma população que cultua algo e é desrespeitada. Sempre temos casas de axé que são apedrejadas e eu não posso me calar de forma alguma. Não seria eu. Talvez, tenha entrado nesse programa pra isso”, ressaltou.

Ainda no matinal, Gabriela tocou em outros assuntos, como a decisão de ter abandonado a última prova de resistência, que a pôs no Paredão. “Foi um decisão difícil, mas estava sentindo dor há muito tempo. Paula estava soltando umas frases, estava tentando me tirar. Pra ela também não estava sendo fácil, ela estava delirando. Não aguentei mais. Teve uma hora que minhas costas travaram”, contou a ex-sister. Para ver, clique aqui.

Gabriela também comentou sobre quando não via a sua beleza. “Não tinha nenhuma autoestima. Não conseguia falar obrigada. Quando falavam que eu sou bonita, eu só sorria. Tinha vergonha porque eu não acreditava. O lance de estar numa casa com muitos espelhos, você se vê o tempo todo. Na minha residência, eu fugia do espelho”, relatou.

No “Mais Você”, ela também contou sobre sua adoção e como foi reencontrar a mãe biológica, quando tinha 21 anos. “Imagino que para ela foi muito complicado. Ela já tinha dois filhos e não deu conta de me criar. Depois que fui embora, ela teve outro filho com o meu pai biológico. Foi uma emoção. Tinha curiosidade de saber do meu físico, da minha ascendência. Era isso. Ela é uma mulher guerreira, a admiro e agradeço. Ela me pediu desculpa, mas eu falei que não era dela. Quero conversar com ela de novo, agora estou madura. Ela me conheceu no BBB”, afirmou. Veja o vídeo deste momento, clicando aqui.

Bom, continuamos de olho para ver qual será a definição deste caso! Para assistir ao vídeo de Gabriela no “Mais Você”, clique aqui.